Menu
publicidade / Tutoriais

#desafioluminous | Desafio 4 – Make Luminosa

Último #desafioluminous é a cara do blog. Tenho certeza que vocês vão adorar.

Lógico que eu tinha que escolher uma maquiagem super luminosa para adequar ao tema. Então pra agradar a todas, comecei por um make bem iluminada com olhos marcadinhos e batom nude e continuei o make escurecendo mais os olhos e aplicando um batonzão vermelho.

Vamos lá…

Para um make luminoso a pele deve estar luminosa também. Então primeiro temos que limpar, hidratar e tonificar, deixando-a preparada para os demais produtos.

Neste dia eu usei um adstringente da Lancôme que controla a oleosidade, depois apliquei um sérum Capture Totale da Dior  (tem aqui), que da uma revigorada na pele Aqualia Thermal roll on da Vichy nas olheiras (tem aqui) e finalizei com borrifadas do Spray Re-hydrating Mist da Benefit (tem aqui) que hidrata na hora e segura o make. O spray Fix Plus da MAC que falei aqui é no mesmo estilo.

Com a pele preparada, usei meu novo primer iluminador  Paul & Joe Pearl Foundation Primer Bonbon (tem aqui) no rosto todo e esperei secar um minutinho. Ele deixa a pele sequinha e um brilho super diferente.

Depois, lógico que tive que usar a base Teint Miracle cor 2 (tem aqui) afinal,  é a base mais luminosa que eu tenho. Para finalizar, um pouquinho do pó Meteorites somente na zona T.

Para corrigir as olheiras, usei o corretivo da mesma linha Teint Miracle na cor 02 (tem aqui) aplicado em “V” logo abaixo dos olhos. Este truque ilumina a região que costuma ficar com aquela sombra chatinha. Nas marquinhas, cantinhos do nariz e manchas de vitiligo, usei o Corretivo Urban Decay 24/7 Concealer Pencil na cor DEA (tem aqui).

Agora farei os olhos e só depois de prontos é que escolherei o tom do blush e o iluminador

Usei como base a sombra nova da Clinique que mostrei aqui. Ela é super iluminadora e já funciona como primer para as sombras em pó que virão por cima. Uso o aplicador para dar uma espalhada geral em toda pálpebra e esfumo com os dedos.

Depois da sombra iluminadora, faço um traço com o lápis Oil Slick da UD (tem aqui) do meio para fora do olho. Uso um pincel chatinho para levar a cor para fora do olho e fazer o puxadinho externo. Repito esta operação até chegar no tom desejado. Eu repeti o traço 3 vezes para chegar neste tom.

Agora uso um pincel chanfrado para aplicar a sombra Creep da palette Naked (tem aqui). Aplico no mesmo sentido que o lápis e depois enfumo o côncavo de
O canto escuro já está ok, agora uso o tom Half Baked aplicado com um pincel fofo no centro do olho. Em seguida esfumo a cor na pálpebra móvel toda, inclusive por cima da sombra escura. A cor deve ficar em degradê, sem nenhuma marca entre um tom e outro.

Uso um pincel mais fino e o tom  Virgin da palette para iluminar o canto interno do olho. Quem tiver olhos separados deve pular esta etapa.

Voltamos ao lápis…

Seco a linha d’água com um cotonete e aplico duas camadas do lápis preto Perversion da UD (tem aqui). Depois uso novamente o lápis Oil Slick da UD (tem aqui) aplicado abaixo dos cílios inferiores, do meio para fora. Em seguida enfumo o traço também para fora do olho, juntando com o esfumado superior.

Com um delineador liquido da Avon, faço um traço fininho do meio do olho para fora. Como neste make não quero delineador marcado, pego um cotonete e dou uma borradinha no final do traço, deixando-o esfumado.

A máscara escolhida foi a Máscara de Cílios They’re Real (tem aqui ou aqui). Ela é ótima para deixar volume e cantinhos mais puxadinhos. Curvex do Shu, duas camadas de máscara e pronto.

Chegou a vez do blush e dos iluminadores (sim, pois eu caprichei na iluminação geral mas ainda não virei uma drag…rs)

O próximo passo é iluminar pontos estratégicos. Primeiro usei o iluminador líquido Éclat Miracle (tem aqui), que é o pigmento refletor que tem na base. Apliquei o no “C” invertido do olho, alto do ossinho do nariz e V dos lábios. Aplico com os dedos e espalho com um pincel de base.

A maquiagem ficará ainda mais luminosa se houver contraste entre a luz e a sombra, por isso, usei o Blush Ombre Springshine da MAC para fazer o contorno do rosto e escurecer pontos específicos como o fundinho da bochecha, ossinho do maxilar e as têmporas. Tudo deve ser muito sutil, muito esfumado e sem nenhuma demarcação entre um tom e outro.

Como o olho está mais iluminado do que marcadão, posso usar um blush mais rosadinho para dar uma cara de saúde. Escolhi o Mineralize Dainty da MAC

Para a primeira etapa usei o batom Hug Me da MAC.

Pronto ! Deu para perceber como a pele fica iluminada com o flash ? As imperfeições apagam como mágica já que as partículas refletem a luz.

Aliás. o cantinho interno “nesta foto” estourou demais a luz  pois tirei bem de perto para mostrar bem o efeito rs, mas naturalmente estava um brilho na medida certa. Façam igual mostrei na foto la em cima ok..rs

Ficou assim….

Etapa 2…

Agora quem quiser uma make luminosa e ousada, pode escurecer um pouco mais o canto do olho e o côncavo com a sombra escura que usamos e jogar um batom vermelho (usei o Russian Red da MAC) nos lábios. Olho sim e boca sim, bem marcante mas dentro do usável.

Gostaram deste desafio ? Será que vai fazer sucesso entre os jurados ?

Veja os primeiros desafios: Desafio 1, Desafio 2, Desafio 3

Sobre o autor

Editora e idealizadora do Makeup Atelier www.cinthiaferreira.com.br

Exercícios abdominais: verdades e mitos TESTEI | Desodorante com Refil Por que toda pele precisa de hidratação ? Resenha | Nova base leve da Shiseido Perde peso não é emagrecer