Look da Cinthia Moda

Moda e Estilo | Ser elegante: uma questão de roupa, estilo, postura ou personalidade?

elegancia_post_capa

Existem pessoas elegantes na essência. Geralmente são discretas, clássicas, ponderadas e extremamente enigmáticas. E justamente esse mistério faz com quem chamem tanta atenção por onde passam.

A Princesa Diana é até hoje um ícone da elegância, não somente pelas roupas que vestia, mas pelo conjunto da obra. Gloria Kalil também se enquadra no time das elegantes: dona de uma postura impecável, fala baixo, ri com moderação, posiciona-se com leveza e força ao mesmo tempo, entre outras características intrínsecas a sua personalidade. Na Moda, é adepta do “menos é mais”, optando sempre por poucas e eternas peças, mas de qualidade impecável.

E ainda mais próxima de nós está outra embaixadora da elegância, nossa queridona Cinthia Ferreira, e vou “usá-la” aqui como exemplo de como buscar “ser elegante” escolhendo as peças certas, o corte e cor de cabelo mais adequados, entre outras coisinhas ;-)

A Ci tem por si só um rosto clássico, composto por traços marcantes como a linha da mandíbula, nariz reto e olhos grandes e intensos. Eu também queria esse rosto, mas… nasci de outro pai e mãe kkkk. Não dá pra tentar ser o que não é. Alguém consegue visualizar a Cinthia passando um rodo na área de serviço?? Pois ela  faz, e muito bem feito, mas que é difícil imaginar essa cena, isso é!

Pelas fotos mais antigas abaixo, podemos sentir o impacto que o cabelo gera na aparência. É nítido como a mudança de corte e coloração trouxeram pra Ci uma elegância instantânea. E notem como ela sempre optou pelas cores neutras e um visual mais básico, toda trabalhada no preto!

cinthia_loira

Atualmente cor do cabelo dela é natural, e o corte é um chanel assimétrico chiquéééérrimo.

cinthi_ferreira_morena
Pegando esse gancho, fica fácil definir o que é um corte elegante. Geralmente os curtos ou médios mais retos tem o poder de deixar qualquer mulher mais elegante. Vejam minhas fotos do antes e depois do corte de cabelo…

elegancia_post_carolA cor natural dos cabelos ajuda a completar esse combo – cabelos loiros numa mulher originalmente morena traz sensualidade, mas a elegância está em manter o “clássico”, ou seja, seu tom natural.

Cinthia sempre opta por peças atemporais, cores neutras – marinho, preto, vinho, verde militar, nude, cinza. Pois é. Não dá pra imaginar atualmente, a Ci com uma camiseta amarelo flúor, calça jeans clarinha e sandália rasteira de vão de dedo.

A escolha das peças e dos tecidos faz toda diferença para compor um estilo mais elegante: cortes de alfaiataria como camisas e blazers, trench coats, vestidos cache coeur, saias retas ou lápis, calças pantalona ou retas, lenços, scarpins de bico fino ou sapatilhas em tons neutros compõe boa parte do armário de uma mulher que circula nesse “clube”. Os tecidos mais valorizados são os naturais como lã, seda, linho, crepe.
Acessórios não precisam necessariamente ser jóias, mas devem parecer jóias! O dourado é o metal preferido, pela referência que faz ao ouro.

Acredito que com essas dicas já dá para termos nossos dias de Lady Di, ou melhor, Lady Ci! kkk

Mas vamos lá: a casca pode estar magnífica. Se os outros pilares já citados não estiverem “ornando” com o lado de fora, a naturalidade se perderá completamente.
Por isso é tão importante nos reconhecermos, identificarmos nossa postura, jeito de falar, como lidamos com situações complicadas (dando chilique ou com calma e tranquilidade?), e estilo mesmo, traduzindo em forma de roupa quem somos, sem precisar dizer nada.

 

Ps da Cinthia…

Ok, posso começar dizendo que estou com vergonha de montar este post e acho que eu sou básica demais para tudo isso rs.  Talvez o fato de ter me interessado pelo mundo da moda desde cedo e crescer ouvindo que toda mulher deveria ter um bom blazer e um tubinho preto no armário tenha me transformado na mulher básica no que sou hoje.

Mas não vou me enganar achando que nasci assim pois é mentira. Enquanto aos 9 anos eu me achava adulta, usava um mini salto, uma saia midi e um blazer (meu sonho era ter um de tweed e eu nem imaginava quem era Coco Chanel), na adolescência andava de bermuda rasgada e camisa xadrez. 

Ainda tive a fase gótica (quem nunca ?) e até a fase surfista, onde eu ia para praia surfar aos finais de semana e usava saias floridinhas e blusinhas da Oakley (mas não, nunca usei shorts da Sexy Machine com o “zoinho”na parte de trás rs).  Mas passando a “aborrescência” eu sempre fui mais básica. Já tive a fase de calça justinha e super decotes, a fase loiríssima e mais sensual, mas chegando perto dos 30 já achei que não combinava mais comigo. 

Hoje eu tento adicionar cores e peças diferentes ao meu armário por conta das minhas queridas que escrevem este post, mas não adianta que minhas tentativas nunca saem muito do meu perfil, por mais que eu tente abrir a mente para novas possibilidades. Nada me faz mais feliz do que um bom scarpin, um vestido preto, um bom par de óculos de sol e uma pashmina. Mas vale deixar claro que eu posso parecer elegante por fora, mas se me ouvirem falando palavrão ou várias gírias, não se assustem ahaha. Como diz meu marido, por dentro eu sou um “mano” ;)

Eu digo que meu estilo pode mudar de acordo com meu humor, mas varia entre o básico, o clássico e o lady like. Não nasci para ser “fashion victin” e só sigo tendências se elas tiverem de acordo com minha personalidade. Jamais usarei alguma peça que eu não curta só porque ela está na moda.

elegancia_post_costanza

E se eu tivesse que citar um símbolo de elegância feminina aqui no Brasil, na minha opinião seria Costanza Pascolato. Desde sempre um exemplo.

E para dar um pitaco na parte da maquiagem, também deixo uma imagem do livro “O Essencial” onde Costanza escreve exatamente tudo o que eu penso em relação a isso.  Não importa a sua idade, se você é loira, morena, negra ou ruiva, uma pele bem hidratada e cores certas de maquiagem podem te deixar mais bonita e mais elegante.

elegancia_oessencial

 Então mulherada, o importante é olhar para o espelho e se conhecer. Entender a imagem que quer passar, tirar o melhor de dentro de si e não querer ser alguém que não tem nada a ver com você ;) Há mulheres que ficarão bem mais elegantes de calça jeans e camiseta do que usando um vestido caro que não a favoreça. E nada é mais elegante do que a educação e respeito ao próximo. “

elegancia_post_livro

Perguntas? Dúvidas? Escrevam pra gente!

Beijos, Carol e Thaís – facebook.com/DePecaEmPeca
Para ler todos os posts de Moda e Estilo que já foram postados, clique aqui e para saber sobre nosso serviço de consultoria de imagem, clique aqui.

de_peca_em_peca_assinatura


You Might Also Like...

  • Gi
    março 13, 2015 at 2:21 pm

    Meninas, mais um ótimo post, hein? Estão de parabéns! ;-)
    É difícil definir o que é elegância! E tem um componente interior, que é de cada pessoa, não tem jeito!
    Bjs