Menu
corpo / Saúde

Perder peso não é igual a emagrecer

Perder peso e emagrecer não seria tudo a mesma coisa? Pois é, não é! Acredite, você pode emagrecer até ganhando peso.

Como Personal Trainer e Professor de aulas coletivas há duas coisas que ouço muito e sem dúvidas a que mais falam de uma maneira equivocada é: “Quero perder peso!”

Em quase 100% das vezes a pessoa quer mesmo é emagrecer! E emagrecer é perder gordura, não necessariamente perder peso.

adipômetro dobra abdominal

Sabemos que uma concentração muito grande de gordura corporal é extremamente prejudicial para saúde, então EMAGRECER é uma questão de saúde geral, até porque a segunda maior queixa que recebo é de dores articulares.

Dores articulares de coluna, quadril, joelhos, tornozelos e pés são extremamente associadas a pessoas que possuem excesso de peso, principalmente de gordura, pois um “excesso de peso” por massa magra – músculos – não traria essas consequências.

Resumindo, nosso corpo possui uma massa corpora total composta de massa magra (músculos) e massa gorda (gordura), simplificando um pouco nosso fisiologia.
Sendo assim, só existe uma forma de emagrecer, diminuir o seu % de gordura corporal. Você pode fazer isso de 3 maneiras distintas:

1) Perder massa corporal de maneira geral mas diminuindo em maior proporção a gordura corporal.

Geralmente é o jeito mais “encontrado” por aí, já que a maioria das pessoas interessadas em emagrecer estão acima do peso e com o % de gordura elevado.

Desta forma, além do déficit calórico na alimentação – quando você come menos calorias do que gasta no seu dia – o exercício terá um papel importante nesse processo.

exercício em casa

É o exercício que “informará” para seu corpo que o processo de perda de peso não pode se dar pela perda muscular excessiva, já que você está mostrando que os músculos são necessários no seu cotidiano.

Fazer déficit calórico e se manter sedentário costuma ser uma péssima ideia em termos de emagrecimento. Você até pode diminuir o peso, mas emagrecer se torna uma tarefa um pouco mais desafiadora nesse caso.

2) Manter a massa corporal igual, mas diminuir gordura corporal e aumentar massa magra.

Parece mais complexa, mas a estratégia é muito parecida com a anterior. O que difere é a “não preocupação” com a perde de massa corporal, ou seja, a balança comum fica na mesma medida.

É uma estratégia comum para quem está em um peso confortável mas apresenta um % de gordura um pouco acima do que é considerado ideal, ou mesmo, quem apresenta questões como colesterol alto por exemplo, mesmo com uma massa corporal dentro do esperado.

3) Aumentar a massa corporal total, especialmente com o ganho de massa magra.

Estratégia um pouco diferente, consistindo em aumentar a ingestão de calórica, especialmente de boas calorias (pouco gordurosas e mais proteicas) para aumentar a massa magra.

Desta forma, a massa corporal total vai aumentar, mas como isso acontecerá preponderantemente com o ganho de massa magra, o % de massa magra aumentará e consequentemente o % de gordura será menor.

hipertrofia bíceps

Logo, é possível emagrecer também desta forma. Aliás, é uma forma recomendada para quem tem um déficit de massa magra muito grande e apresenta gordura corporal mais elevada, mesmo “parecendo” esteticamente magro.

Um bom exemplo são as modelos que comem o mínimo possível para parecerem em forma. Acredite, elas costumam ter um % de gordura corporal elevado.

Agora que você já sabe que perder peso e emagrecer não são sinônimos, busque entender, conhecer seu corpo, rever as suas metas e adequar os seus objetivos para começar, recomeçar ou se manter firme nos treinos e na busca de uma boa e longeva saúde.

Me siga para mais dicas no instagram @personalcarlostapetti

Veja mais postagens sobre exercício físico
  1. Corpo e saúde | Posso treinar todo dia o mesmo treino?
  2. 3 Exercícios que vão fortalecer seu bumbum

Sem comentários

    Deixe seu comentário

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Quanto custa sua maquiagem? Exercícios abdominais: verdades e mitos TESTEI | Desodorante com Refil Por que toda pele precisa de hidratação ? Resenha | Nova base leve da Shiseido