importado Lançamentos

Testando a nova base da YSL | Le Teint Encre de Peau

Base-Le-Teint-Encre-de-Peau-Foundation

Ufa, depois de bastante tempo testando do frio, calor, tempo seco e úmido, aí está a resenha da nova base queridinha da YSL, a Le Teint Encre de Peau.

Base-Le-Teint-Encre-de-Peau

Sobre o produto…

“Leve como uma pena, essa base líquida proporciona uma duração de 24 horas.
A arte de uma pele perfeita, sem compromisso e conforto. Uma nova tecnologia híbrida: textura ultra-fina, cobertura ideal de longa duração.

Esta textura revolucionária, leve como uma pena e inalterável como tinta, pode modular a cobertura sem o efeito carregado geralmente associado à bases de longa duração. Ainda, oferece proteção SPF18.
Possui acabamento luminoso e permanece irrepreensível até a remoção.

O método de aplicação é inovador, especialmente concebida para a deposição na pele a dose certa sem sobrecarregar a pele. O aplicador revolucionário também tem um sistema anti-gota para evitar o risco de resíduos.”

Fiquei doida para testar esta base logo que foi lançada. Ganhei uma da marca e comprei uma cor que não existe aqui, no Canadá e comecei usar lá mesmo, no clima frio e seco.

Aliás, aqui no Brasil, há 8 cores disponíveis.

Base-Le-Teint-Encre-de-Peau-cores

O que eu achei…

A cor que eu ganhei e a cor que eu comprei e não existe no Brasil. A BR20 é um tiquinho mais escura e rosada, enquanto a B10 é mais neutra e mais clara.  Na verdade consigo usar as duas, mas a B10 fica mais perfeita.

Ela é do mesmo estilo que a famosa Maestro da Giorgio Armani e tantas outras que foram lançadas depois. Quando você aplica na pele ela parece um óleo, fácil de espalhar e confortável e depois que seca, os óleos evaporam e a base deixa uma cobertura sequinha e com cor.

Como vocês sabem, eu prefiro bases com efeito mais iluminado do que efeito matte e no clima canadense ela não me conquistou tanto não. Usei bastante pois achava que ficava boa nas fotos e tal, mas com a pele mais seca, percebia que ela ressaltava pelinhas e imperfeições. Confesso que fiquei meio decepcionada por conta disso.

Mas com eu sempre digo, não adianta testar um produto em um clima que você não vive e em uma rotina que não é a sua. Então aqui no Brasil os testes recomeçaram e aí sim comecei curtir a base.

Ela dá uma cobertura leve ou mais intensa, dependendo da quantidade que é aplicada. Seca relativamente rápido e aí sim o acabamento fica mais opaco.

A durabilidade dela na minha pele é muito boa e nas fotos ela fica com efeito bacana também.

Ela tem FPS 18/PA+++, o que para o dia a dia em lugares fechados, já ajuda m pouco.

Le-Teint-Encre-de-Peau-Foundation

Como eu aplico…

O aplicador é bem diferente e no lugar de um conta gotas ou uma bisnaga, ela vem com uma espécie de espátula com sistema corta gota, o que evita da base sair pingando por aí.

Para a base ter uma cobertura e funcionamento legal, é muito importante agitar bem a embalagem sempre antes de usa-lá. Assim fica tudo bem misturadinho e o efeito é melhor.

Você tira o aplicador de dentro da base e passa direto no rosto (limpo, sempre…afinal ninguém quer contaminar a base toda né ?). As vendedoras indicam espalhar com os dedos mesmo, o que é fácil e prático. Mas eu prefiro mesmo é usar um pincel sintético como o F80 da Sigma.

Eu tenho costume de usar um primer antes, depois aplico a espátula em vários pontos do rosto, dou uma leve espalhada com os dedos e finalizo com o pincel, polindo e cobrindo toda a área. Se sinto que preciso cobrir mais alguma região, repito o processo pontualmente.

efeito-base-ysl

Agora uma foto usando a base depois de 7 horas. Como não usei nenhum pó por cima, o nariz já aparenta brilho, mas o restante da pele estava super ok.

Agora a comparação. Le Teint Encre de Peau ou Le Teint Touche Éclat da YSL heim ???

Base touche éclat

Gostei bastante da nova base, mas ainda a minha base queridinha da YSL é a Le Teint Touche Éclat. O acabamento dela é mais iluminado e deixa a pele incrível em fotos e vídeo. Se você ama pele iluminada, tem a pele mais seca ou madura, esta opção pode agradar mais.

Comparei as duas no tom BR20 para verem que há uma leve diferença no tom, mesmo sendo o mesmo número.

Na foto abaixo da para ver bem a diferença do acabamento de uma e de outra. A Le Teint Encre de Peau deixa a pele mais ratificada enquanto a Le Teint Touche Éclat deixa a pele com luminosidade.

bases ysl

Eu amo demais o efeito que a Touche Éclat deixa na pele, aqui tem a resenha dela e sim, é a minha preferida entre as duas e está no meu top 5 de bases que e mais amo. Mas é uma questão de escolha.

Se você gosta de acabamento mais matificado, quer uma base leve, fácil de aplicar e com boa cobertura, a Le Teint Encre de Peau é um ótimo produto.

Vocês já testaram ? 

Onde ? Ganhei uma e comprei outra na Sephora do Canadá (tem aqui a nova e tem aqui a Toche Éclat)

Quanto ? R$ 349 ou 10x de R$ 34,90
.

You Might Also Like...

  • Karina
    outubro 29, 2015 at 1:27 pm

    Eu amo essas bases mais fluídas e tenho três: esta, a armani e a bare minerals. Essa é a minha preferida de longe. Chego a poupar para ocasiões.

    • Cinthia Ferreira
      outubro 29, 2015 at 1:34 pm

      A da bare eu ainda não me adaptei :( achei que ela marca demais. Mas continua em teste.

  • Marta Bosse Foscarini
    outubro 30, 2015 at 6:26 pm

    Das fluídas tb tenho a Maestro Armani e a Bareskin Bare Minerals. Amo as duas mto!
    Queria a Touch Eclat mas depois que lançou essa nova achei que fosse melhor, vou ter que dar uma passadinha ne Sephora pra comprar agora. Pena que não tem esse tom mais claro aqui.
    Ah Cinthia, testa a Bareskin!!! Ótima, vc vai curtir

    • Cinthia Ferreira
      novembro 3, 2015 at 8:40 am

      Puxa Marta, vc acredita que a Bareskin ate agora foi a que menos curti :( Acho a Maestro bem melhor. A da Bare marca muito as pelinhas:( Estou em teste ainda e por isso que não falei dela por aqui.
      Bjs

  • Carina
    outubro 31, 2015 at 10:06 am

    Também prefiro o acabamento mais dewy/iluminado da Touch Eclét, deixa uma pele super saudável, né?
    Tenho a Dior Air Serum, que tem essa tecnologia da Maestro e tal. Amei a textura serem e a tecnologia com óleos que evaporam (!), mas vi o mesmo resultado que você: o resultado fica bonito em fotos, mas ressalta pontos ressecados, o que acabou me incomodando um pouco. Não faz sentido! hahaha O legal é que ela não transfere NADA, to usando todo dia e guardando a Touch pra ocasiões especiais! rss

    Estou aguardando ansiosamente a da MAC, Waterwheight Foundation! Li algumas resenhas (poucas, difícil de achar!) e o efeito é Maravilindo! Uma Face&Body com efeito blur e textura aveludada! Querendo muito!

    Beijo!

    • Cinthia Ferreira
      novembro 3, 2015 at 8:38 am

      A Dior ainda não testei, na verdade estou testando a versão Star da marca e falarei dela em breve ;)
      E da Mac tb estou bem curiosa para ver o efeito ;)
      Bjs

  • Lidy
    novembro 11, 2015 at 9:36 am

    Eu amo a Le Teint Touche Éclat YSL,gosto de acabamento natural..sem ser fosco…a minha preferida de todas ainda é a Lingerie de Peau da Guerlain..Cy vi no seu insta que vc ta testando a base de caviar da La Prairie \o/…esperando ansiosa a resenha dela….Beijoss!