• Perfumando | 212 Vip Rose, La Tentation de Nina e La Petite Robe Noir

    Hoje é dia de mais um “Perfumando” e mais 3 delícias super especiais. Vou contar um pouquinho do 212 Vip Rosé, a nova fragrância de Carolina Herrera, La Tentation de Nina, a nova maça de Nina Ricci que desta fez fez uma deliciosa parceria com a Ladurée e o Le...

    Leia mais...
  • Blush Rockateur Box o’ Powder da Benefit

    Aqui está um dos blushes que lançaram na gringa e me deixaram doida, o Rockateur Box o’ Powder. Afinal, tudo que a Benefit lança eu fico com fogo danado para ver de perto..rs. Eis que no evento de lançamentos que eu contei aqui, recebi uma caixinha para mim e no...

    Leia mais...
  • Cabelos | Um pouquinho de Lee Stafford no Brasil

    Bom meninas, demorei para fazer este post pois estava tendo mais contato com os produtinhos da marca antes de postar. Ainda não é resenha de nada pois farei um mais detalhado depois que testar cada um um mês seguido. Vocês se lembram deste post que fiz há mais de ano...

    Leia mais...
Postado por Cinthia Ferreira em 22-out-2014

Testando | Máscara de cílios Grandiôse da Lancôme

importado, Makeup, review, Swatches

grandiose_lancome_capa

Eeeeee, finalmente testei direitinho a nova máscara de cílios Grandiôse de Lancôme que vocês tanto pediram resenha. Um formato super diferente que tem feito muito sucesso na gringa.

grandiose_lancome_mascara_cilios

Logo que vi o lançamento desta máscara nas revistas americanas fiquei doida. Achei a proposta diferente e fiquei bem empolgada pois amoooo as máscaras da Lancôme.

Sobre a máscara:

“A única mascara focada em três aspectos: aplicador + escova + fórmula. Um patenteado aplicador pescoço de cisne permite-lhe chegar cada fio de canto a canto, trabalhando com os contornos do rosto (nariz, maçãs do rosto, etc) Uma escova moldada e permite o máximo alcançar e cobrir mesmo o menores cílios. A fórmula é o preto mais preto, tem secagem rápida e ingredientes condicionantes para cílios macios e suaves.”

grandiose_lancome_mascara

A máscara tem a embalagem mais linda do mundo. A parte de cima tem um degradê que vai do preto ao transparente. Na parte transparente aparece a rosa símbolo de Lancôme. Uma delicadeza só.

A escovinha toda angulosa ajuda deixar os cílios curvados e é bem fácil de aplicar. A escovinha é rígida e tem pontinhas de vários tamanhos e vários ângulos diferentes, ajudando pegar e cobrir todos os fios. Só a parte interna que sinto um pouco de dificuldade para aplicar e acaba acumulando um pouco de produto.

Achei que ela deixa os cílios super abertos e curvados, não dá tanto volume como a minha amada Hypnôse Drama da Lancôme, mas deve ser perfeita para quem quer deixar os olhos maiores (coisa que eu não preciso nada né rs) e ama cílios mais separadinhos.

Fiz foto sem nada de maquiagem para verem somente o efeito dela. Mas uma vez digo que pessoalmente ela parece bem mais do que na foto.

grandiose_mascara

A fórmula é super pretinha, não esfarela, dura o dia todo e sai fácil com água morna ou demaquilante. Para ela ser perfeita para mim só precisaria adicionar mais volume. Já que amoooo cílios bem aparecidos.

Onde ? Comprei na Macy’s de Chicago. Ainda não tem no Brasil

Quanto ? 32 dólares.

Clica aqui abaixo para ver as máscaras que eu mais amo.

Testando (e amando) They’re Real da Benefit

Testando | High Impact Extreme Volume Mascara da Clinique

Testando | Clinique ‘Bottom Lash’ Mascara

Testando | Máscara Eyes to Kill de Giorgio Armani

Testando Máscara Noir Couture de Givenchy

Testando | Máscara Diorshow Extase

Testando | Máscara Hypnôse Drama

Testando | Dior Show New Look Mascara

Postado por Cinthia Ferreira em 21-out-2014

Testando | Hawaii Pink sand body scrub da Bath & Body Works

corpo, importado, review

esfoliante_corporal_hawaii-capa

Desde 2011 eu não fazia nenhuma resenha dos produtos de beleza da Bath & Body Works aqui no blog pois há anos eu só estava comprando minhas velas por lá (amoooo). Mas quando cheguei no Panamá fui comprar as coisas que eu precisaria usar aqui, pois como ficaria mais de mês na cidade, não trouxe muita coisa de casa para poder testar coisas novas.  Um deles foi o esfoliante.

Amei a cor e o cheirinho do Hawaii Pink sand body scrub e foi ele que voltou comigo para o hotel. Pelo que vi é uma edição limitada que chegou por aqui mas já não existe mais no site americano. Mas há outros com ingredientes parecidos.

esfoliante_corporal_bath_works

O Hawaii Pink sand body scrub tem um cheirinho ótimo que lembra frutas tropicais com açúcar.

Notas de cabeça: Morango goiaba, Kona Maracujá, kiwi. Notas de coração: Pink Hibiscos, abacaxi, Heliconia, flor de papayao e Notas de fundo: Coral Sands Accord, macadâmia e Musk

Os grão esfoliantes são de areia rosa da Polinésia. Como o produto é cheeeeeio de grãos, esfolia super bem enquanto os óleos de Monoi e Kukoi contido na fórmula ajuda deixar a pele super macia.

esfoliante_corporal_hawaii

A cor dele é incrível. Um fundo rosado com um brilho lindo e natural. Acho que o esfoliante mais lindo que eu já vi ahhaha (como se isso mudasse algo né ?). Mas enfim, o produto é bom, deixa a pele lisinha e macia e tem um cheirinho ótimo que permanece na pele um tempinho.

Também rende bastante já que uso duas vezes por semana há um mês e não foi nem 1/5 do pote. Super aprovado. Agora meu esfoliante corporal favorito da vida ainda é este aqui.

A Bath & Body Works daqui da Cidade do Panamá é um pouco mais cara que a dos EUA e não tem aquele monte de promoções. Até tem, mas não são tão enlouquecedoras do tipo que me faziam levar pro Brasil 10 sabonetes líquidos quando eu era mais nova (sério, eu amava os sabonetes). Mas ainda vale super a pena fazer uma comprinhas, principalmente de velas e aqueles aromatizadores de tomadas.

Onde ? Comprei na Bath & Body Works na Cidade do Panamá (vi que no ebay tem).

Quanto ? 16 dólares.


Postado por Cinthia Ferreira em 20-out-2014

Testando Lush | Shampoo para cabelo oleoso e sabonetes docinhos

Cabelos, corpo, review

lush_capa

Nunca vou me esquecer do dia que comprei meus primeiros produtinhos da Lush no Brasil (há uns 15 anos imagino). Gostei tanto dos produtos e da durabilidade deles que virei cliente logo de cara. Usava shampoo, sabonete, hidratantes, máscaras, barras de massagem e até desodorante. Eu amava as revistinhas catálogos deles e tudo que eu lia lá, queria testar. Passava horas na loja.

Até que as lojas do Brasil foram fechando, fechando, até que a marca parou de ser vendida no país. Fiquei super triste com isso e quase não comparava nada da Lush em viagens pois meu marido está sempre junto e nunca conseguia entrar na loja por achar o perfume forte demais rs. Agora que a Lush voltou, achei o máximo e com certeza voltarei a comprar.

Para quem não conhece, a Lush é uma marca de produtos naturais e veganos, artesanais e feitos a mão, não testa nada em animais e tem um conceito bem bacana de reduzir a quantidade de embalagens.

Eles compram os ingredientes e matérias primas diretos das comunidades e por mais que a marca seja conhecida no mundo inteiro, ainda tem o estilo artesanal.

E como eles dizem:  “Nenhum destes ingredientes foi testado em animais e não compramos nada de ninguém que tenha testado qualquer coisa em animais.”

lush_shampoo

Como aqui no Panamá é um calor insuportável de dia e de noite e meu cabelo que já é mega oleoso, virou uma pasta. E como meus shampoos de limpeza profunda estavam no fim, acabei deixando para comprar algo novo por aqui.

Fui na Lush em busca de uma solução imediata para a coisa já no início da viagem. Expliquei para a vendedora o meu problema e ela indicou o sabonete em barra Jumping Juniper (fui ver o nome dele agora no site pois não tem na embalagem e eu nem lembrava mais).

Eu amava um shampoo em barra de camomila que chamava The Blond (pelo jeito não existe mais) então já estava super acostumada com shampoo em barra e fiquei doida para voltar para o hotel e lavar muito bem meu cabelo com algo que limpasse de verdade.

Sobre o shampoo Jumping Juniper…

“Perfeito para uma limpeza profunda do cabelo. O junípero controla a produção de sebo, deixando o couro cabeludo bem tratado. Contém também lavanda, que acalma, e óleos essenciais antibacterianos de alecrim para a limpeza e maciez do couro cabeludo. Os óleos de limão e limão siciliano dão brilho e fecham as cutículas capilares, permitindo que os cabelos tenham mais luminosidade.”

O Jumping Juniper realmente limpa muuuuito e eu e o marido amamos. Espero que quando voltamos ao Brasil ele funcione da mesma forma (sabem que a água do local influencia muito no cabelo e consequentemente no efeito do shampoo).

Agora com os cabelos curtos nem estou usando condicionador, mas quem tiver só a raiz oleosa, pode usá-lo em conjunto com um bom condicionador nas pontas pois ele dá uma secada geral.

lush_shampoo_como_usar

Para quem me perguntou no insta se ele faz espuma e como usar, pedi p marido uma foto sensualizando no chuveiro do shampoo em ação para verem o quanto de espuma ela faz. Nós dois estamos utilizando a barra todos os dias há quase um mês e ela está assim, como na foto. Imagino que só tenha gastado uns 10% da barra. Dizem que uma barrinha é equivalente a quase meio litro de um shampoo liquido.

Eu aplico a barra na cabeça, já molhada, toda, como se estivesse lavando o corpo com sabonete. Depois é só massagear bem que ele faz uma super espuma. Funciona super, rende bem e é mega pratico para levar nas viagens. Uma mini latinha e nenhum perigo de vazar.

Já sobre o perfume, eu não sinto nenhum. Acho que se ele deixa alguma coisa é algo tão leve que nem sei dizer.

Para guardar o shampoo a marca vende umas latinhas de vários tamanhos. Aliás foi só isso que eu achei mega caro no Brasil. Aqui no Panamá eu paguei menos de 2 dólares, nos EUA sai 4 dólares e no Brasil 19 reais. Mas pelo menos os produtos mesmo estão com um preço bacana no Brasil se pensarmos no dólar absurdo.

lush_sabonetes

Agora já que eu estava na loja comprando o shampoo, aproveitei para comprar o produto que eu mais amava na época, o sabonete em barra Rock Star. Com certeza o sabonete mais doce que eu já usei na vida e juro que dá vontade de comê-lo a cada banho.

Havia uma promo com conjuntinho do Rock Star (rosa lindo) com o The Godmother, outro docinho da marca. Comprei os dois e foi muito amor.

Eu sempre divido as barras antes de usar e deixo só um pedaço no banheiro por vez. Devem tomar cuidado para não deixar a barra imersa em água, pois não há sabonete que resista. Além do que são sabonetes caros, então tem que cuidar direitinho.

lush_godmother

O Rock Star é feito com extrato de baunilha de verdade e tem cheiro de bala, já o The Godmother tem um cheirinho também bem docinho que me lembra frutas vermelhas com açúcar, mesmo não tendo nenhuma na fórmula

Os dois são deliciosos e exalam um cheiro absurdo mesmo fora de uso. O armário que guardei os sabonetes dentro do envelope de papel está um perfume só.

Uma leitora que trabalha na Lush São Paulo disse que a loja tem tratamentos de spa e fiquei bem curiosa para conhecer. Alguém de SP já foi ?

Onde ? Comprei na Lush do Panamá mas tem no Brasi online e na loja conceito nos Jardins em São Paulo.
Quanto ? A barra de shampoo saiu 13 dólares (Brasil 42 reais) e os sabonetes saem 9 dólares 100g (Brasil 25,70 reais) o kit. Já a latinha saiu menos de 2 dólares.


Postado por Cinthia Ferreira em 17-out-2014

Moda e Estilo | O melhor colar para seu decote e seu biotipo

Moda

colares_decotes

Falar desse incrível acessório NÃO é chover no molhado! Ele de fato nos encanta por ser uma peça que instantaneamente muda o visual, transformando um look básico em mais elaborado num passe de mágica ;-)
 .
A escolha do material também influencia muito: o metal dourado traz uma informação mais chique, enquanto o prateado/grafite é mais despojado. Colares feitos em resina, madeira, contas ou pedras brutas são mais informais. Se as pedras forem lapidadas a mensagem é de sofisticação.
 .
O que talvez poucas saibam é que existe um colar mais adequado para cada uma de nós e cada decote. Além disso alguns modelos casam melhor ou pior com determinada estampa!
.
Escolhendo a peça certa podemos criar um efeito de ilusão ótica capaz de afinar, alargar, alongar ou encurtar o pescoço

Colares longos, finos e com pingente (formato de um “V” longo)
Ideais para alongar e afinar o pescoço. Além disso, são bons aliados para rostos mais redondos.

Colares longos e volumosos (formato de um “U” longo)
Alongam o pescoço, mas não afinam! Adicionam volume ao busto, por isso são aliados interessante para quem tem seios pequenos.

Gargantilhas e colares curtos
Encurtam e alargam a região, tornando-se peça chave para mulheres com pescoço fino e longo.

A máxima é: quanto mais longo o colar, mais alonga, quanto mais curto, mais encurta.
.

colares_depecaempeca_estampa

As estampas + colares
Sempre perguntam pra gente se mesclar uma blusa estampada com colar fica “over”. Mas a resposta é não!
Se a estampa for chamativa, opte por um colar clean, de metal. Na foto o escolhido valorizou a estampa e arrematou a gola da camisa de maneira interessante.
Fugimos do óbvio, que seria o colar por dentro da camisa, com os primeiros botões abertos. Já estampas mais delicadas ficam bacanas com colares mais rebuscados, com pedras coloridas ou resina, desde que pelo menos uma cor presente no colar também esteja na estampa.
créditos: Camisa: Animale  Colar: Stoux  – acervo pessoal
colares_depecaempeca_decote
Os decotes + colares
Repetir o formato do decote da blusa no colar é uma excelente dica para criar harmonia visual! Na bata marinho estampada, procuramos acompanhar a linha do decote V com um colar que repete esse formato.
créditos: blusa: Dona Pink  Colar: Fillity  – acervo pessoal

colares_depecaempeca_modanomake

A regata tem decote arredondado, e por isso o colar também segue esse desenho.
créditos: blusa: My Basic  Colar: Santa Prata  – acervo pessoal

colares_depecaempeca_redondo

E a camiseta básica ficou super diferente com o colar em tecido branco, que cumpriu o papel de gola principal, tapando a original.
créditos: blusa: J.Crew Colar: Blao  – acervo pessoal
.
Invista nesse poderoso e transformador acessório! Suas roupas nunca mais serão as mesmas ;-)
.
Algumas lojas com bijoux bacanas…
 
- Ih Arte em Vidro:   É na cidade de Valinhos, no interior de São Paulo, onde Isabel Medeiros e Haroldo Sztutman desenvolveram uma técnica avançada de fusing, onde o vidro é aquecido à 800ºC e ganha cores e texturas únicas; lapidados manualmente, o trabalho se transforma em acessórios esculturais.
.

- Claudia Curti: Peças que são verdadeiras joias de família e trazem uma feminilidade para sua imagem. Claudia Curti é artista plástica e joalheira, tendo atuado durante anos nestas duas áreas. Há mais de dez anos dedica-se exclusivamente a criação e desenvolvimento de bijuterias finas e delicadas usando materiais nobres como cristais, muranos e porcelanas, trazendo assim novidades constantes à loja.

Claudia faz parte do restrito grupo de designers brasileiros que possuem o direito do uso da marca Swarovski Elements, o que atesta a qualidade e beleza de suas criações. Suas bijuterias são apreciadas e comercializadas em alguns países da Europa, E.U.A. e Austrália e seu trabalho também pode ser visto em novelas da Rede Globo e sbt assim como em filmes nacionais.

- Stoux : Com um trabalho bastante moderno e arrojada, as sócias Angela e Flavia alcançam cada vez mais mulheres que gostam de peças elegantes e modernas. Com traços mais retos e materiais diferenciados, os acessórios da Stoux fazem a diferença no visual.

- Once Custom Made – Os acessórios exclusivos da Once são criados por Carolina Veras e fabricados com material de qualidade e delicadeza nos detalhes. Carolina utiliza pedras naturais, cristais, prata e metais com banho de ouro e ródio.

Ps da Cinthia…

“Eu amo comprar bijoux em viagens. Ora por conta dos precinhos maravilhosos, ora por conta de achar peças super diferentes e exclusivas.

Vivo dizendo no meu instagram, que amo comprar peças em lojinhas de museus de arte e feirinhas de antiguidade. Nos museus acabo escolhendo peças moderninha, com design bacana e quase exclusivas, enquanto nas feirinhas acho peças vintage e bem diferentes.

Quanto quero bijoux de lojas mais em conta, compro na Forever XXI, H&M e Aldo, Zara, Top Shop e Mango. Minha escolha nestas lojas são pelas peças mais pesadas que aparentam ter melhor qualidade. Tem que ser barato mas não precisa parecer barato né ?

Nos Estados Unidos eu amo comprar bijoux em lojas de departamento. As peças da Givenchy estão entre as minhas preferidas quando procuro algo mais delicado. Quando quero algo fofinho, vou de Juicy Couture. Já sessão de bijoux da Saks Fifth Avenue é perfeita para braceletes e colares mais aparecidos. Se quiser peças de coleções passadas e com bom desconto, vá na Saks Fifth Avenue OFF dos outlets. Já achei muita coisa bacana por lá.”

Agora se vc tem algum colar que ama, mas ainda não sabe como combiná-lo melhor, faça uma foto da peça, nos marque no instagram (@depecaempeca – @makeupatelier)  que teremos o prazer de ajudar.
Beijos, Carol e Thaís – facebook.com/DePecaEmPeca
.

Para ler todos os posts de Moda e Estilo que já foram postados, clique aqui e para saber sobre nosso serviço de consultoria de imagem, clique aqui.

de_peca_em_peca_assinatura