Menu
#chatdebeleza / Entrevista / Pele

Conhecendo um novo vilão do fotoenvelhecimento | antixoxidantes Skinceuticals

   skin ceuticals

Final do ano passado fui convidada pela Skin Ceuticals, marca que eu admiro muito, a participar de um bate papo com Marc Toulemonde, gerante global da marca que esteve no Brasil para falar um pouco sobre um “novo” vilão do fotoenvelhecimento.

Fiquei tão encantada com este novo estudo que convidei o pessoal da Skin Ceuticals para um bate papo aberto no #chatdebeleza. O chat foi ótimo para introduzir um pouquinho do assunto para as leitoras aqui do blog e falar um pouquinho sobre este novo vilão.

E como eu sei que muita gente não conseguiria participar ao vivo, prometi fazer este post com o vídeo do chat e contar um pouquinho da minha experiência com os produtos que já estou utilizando há algum tempo. O vídeo é longo mas bem interessante. A Cecília da Skin Ceuticals explicou bastante coisa e tirou a dúvida de várias leitoras.

Já falei no vídeo e reafirmo aqui. Este é um assunto que muito me interessa como quem é leitora assídua já sabe e por isso contatei e convidei a Skin Ceuticals para participar deste chat. Portanto de forma alguma este post é um material publicitário, e sim informativo. Espero que gostem !

O #chatdebeleza via Hangout do Google+ foi assim…

Agora um pouquinho sobre o estudo…

A equipe científica de Skin Ceuticals apresentou um estudo sobre os raios infravermelhos, que existem desde sempre, mas somente agora se tem provas de que ele é mais um vilão do fotoenvelhecimento. Ou seja, além dos conhecidos raios UVA e UVB, que já nos protegemos diariamente utilizando bons protetores solares, agora também podemos nos proteger dos raios infravermelhos, outro tipo de radiação que também é prejudicial à pele.

No release…

“Assim como os raios UVA/UVB, a radiação infravermelha também desencadeia a liberação de radicais livres. Cerca de 54% do total de energia solar que atinge a pele são de raios infravermelhos (IV), sendo 30% os raios infravermelhos do tipo A (IVA) – uma classe da radiação infravermelha que penetra de maneira mais profunda na derme, onde se encontram as fibras de colágeno, e causam a aceleração do envelhecimento cutâneo, com o aparecimento de rugas e perda de firmeza da pele.

Estudos revelam que um aliado de peso no combate a este novo vilão do fotoenvelhecimento são os antioxidantes.

Com uma combinação de Vitamina C pura a 15%, Vitamina E a 1% e Ácido Ferúlico a 0,5%, o sérum antioxidante de alta potência CE Ferulic, de SkinCeuticals, apresenta a mais completa proteção contra os danos causados pela radiação IVA.Pesquisas recentes conduzidas pela marca mostraram que o CE Ferulic neutraliza os radicais livres, combatendo a ação dos raios IVA e inibindo em 100% a liberação das enzimas MMP-1.”

Além do CE Ferulic (tem aqui), mais dois produtos fluídos da Skin Ceuticals também contém antioxidantes e protegem a pele dos raios infravermelhos. Aqui abaixo a descrição de cada um deles.

C E Ferulic – Sérum antioxidante de alta potência, o produto apresenta uma combinação de Vitamina C pura a 15% e Vitamina E a 1% com Ácido Ferúlico, oferecendo a mais completa proteção contra os danos causados pelo meio ambiente. É composto por uma textura sérum hidratante e indicado para a pele madura com sinais de fotoenvelhecimento. Sua ação corrige os sinais do envelhecimento cutâneo, estimulando a síntese do colágeno e deixando a pele mais jovem e saudável. Deve ser aplicado uma vez ao dia, pela manhã ou à noite, após a limpeza e a tonificação na pele do rosto, do pescoço e do colo. 

Phloretin CF – Uma nova geração de antioxidantes desenvolvida pela marca americana SkinCeuticals. Com textura em sérum, ultra fluida e toque seco – ideal para a pele da brasileira, em geral mais oleosa, o produto tem como diferencial a associação de um potente ativo, o phloretin, à vitamina C pura a 10% e ácido ferúlico. O phloretin, polifenol encontrado na natureza, neutraliza os radicais livres (responsáveis pelo fotoenvelhecimento) e, em sinergia com os outros ativos, protege as fibras de colágeno (que dão sustentação da pele) e evita a pigmentação cutânea, causada pelos raios ultravioleta. Essa combinação torna ainda mais eficaz a ação de cada uma das moléculas.  O resultado: prevenção e redução de rugas, linhas finas e da flacidez, além de devolver a luminosidade e uniformizar o tom da pele.

Serum 10 – O sérum fluido, ultraleve e de rápida absorção, apresenta uma combinação de Vitamina C pura a 10% com Ácido Ferúlico, que potencializa o efeito antioxidante. Indicado para os primeiros cuidados da pele jovem, neutraliza os danos causados pelos radicais livres e previne e corrige sinais de envelhecimento precoce como linhas finas, rugas e tonalidade irregular da pele.”

Lembrando que qualquer um destes 3 antioxidantes devem ser utilizados juntamente com um protetor solar de sua preferência para proteger também dos raios UVA e UVB. São produtos complementares, um protege contra os raios infravermelhos e o outro contra UVA e UVB.

fotoenvelhecimento

Minha opinião sobre os que estou usando…

– O primeiro que recebi para testar foi o Serum 10. Já tinha ganhado uma amostrinha quando a marca chegou ao Brasil e em meados de outubro ganhei uma embalagem cheia para realmente saber como seria o uso diário e contínuo deste produto. De lá para cá uso minhas 4 gotinhas diariamente pela manhã, logo após lavar a pele e antes do meu hidratante e protetor solar.

A textura é agradável e rapidamente absorvida pele pele. Na hora da aplicação parece que vai deixar a pele meio oleosa, mas esta sensação acaba assim que o produto é absorvido. 4 gotinhas são suficiente, por isso é um produto que dura muito. É o tipo de produto preventivo que só veremos grandes diferenças no futuro e possivelmente se pudêssemos comparar com a pele de quem nunca usou um antioxidante, mas de efeito rápido o que percebi mesmo foi a pele mais homogênea e luminosa. Não tive nenhuma reação alérgica ou desagradável na utilização do produto. Em relação a oleosidade, nada mudou.

Uso o Serum 10 pela manhã (junto com creme do dia e protetor solar) e o Redermic R a noite.

raios infravermelhos

– O segundo foi o AOX+ Eye Gel que ganhei no evento e venho utilizando todas as noites na região dos olhos. Ele contém 1% Phloretin (polifenol com propriedades protetoras do DNA das células);, 5% Vitamina C Pura (estimula a síntese de colágeno e uniformiza o tom da pele), 0,5% Ácido Ferúlico (mantêm estáveis os ativos na fórmula, potencializando seus efeitos), Cafeína – estimula a drenagem e atenua bolsas;, Ruscus Aculeatus (ativo que estimula a circulação e atenua o inchaço).

A textura dele é gel, super fácil de espalhar e é rapidamente absorvido pela pele. Perfeito para quem odeia creme melento, o AOX+ Eye Gel é refrescante e não deixa a pele oleosa. Gosto muito da textura, notei a região desinchada mesmo quando durmo menos mas não notei nada muito drástico em relação às olheiras. Achei que deu uma melhorada sim, mas nada muito significativo.

Amo a proposta de ser um antioxidante para área dos olhos e me sinto muito satisfeita em proteger esta região conta futuros danos, mas junto dele uso durante o dia um creme para área dos olhos mais hidrante, pois sinto que no quesito hidratação ele não corresponde totalmente minhas expectativas. Mas como ele só precisa ser usado uma vez ao dia, uso junto com o Liftactiv Retinol HA da Vichy e estou bem satisfeita com a combinação.

– O terceiro é o Phloretin C F, foi uma amostrinha que recebi e por curiosidade foi o antioxidante que levei para minhas férias. Durante 20 dias foi o meu escolhido para o dia, antes do meu protetor solar.
Lá estava bastante frio, pegamos neve e vários dias de sol. Por conta do vitiligo, sempre que viajo, mesmo utilizando protetor solar religiosamente sempre acabo me queimando um pouco e minha mancha branca na testa fica bem mais aparente. Desta vez isso não aconteceu e a pele ficou uniforme mesmo passando tantas horas andando a céu aberto. Aliás, tanto eu quanto o meu marido, percebemos que as minhas manchas brancas ficaram até menos evidentes do que estavam antes. Parece que este sim deu uma uniformizada no tom.

A textura dele é bem parecida com o do Serum 10 e mesmo eu achando que deixaria minha pele oleosa, isso não aconteceu. Na verdade achei que este sim deu um resultado visível maior do que o Serum 10 e acredito que quando o meu acabar, será o Phloretin o meu escolhido para os próximos anos de vida. Gostei muito mesmo!

serum 10

E é isso….aqui estou contanto um pouquinho da minha experiência com o produto e um pouquinho sobre o estudo da Skin Ceuticals. Como estamos falando de dermocosméticos, consulte sempre um dermatologista para conhecer bem seu tipo de pele e tirar todas as suas dúvidas. Se alguém tiver alguma dúvida pontual, o SAC da marca também poderá lhe ajudar (SAC 0800 701 7371).

E quem tiver dúvidas e não assistiu o vídeo acima, assista. A maioria das dúvidas sobre este tema foram abordadas no nosso chat.

Sobre o autor

Editora e idealizadora do Makeup Atelier www.cinthiaferreira.com.br

Esfoliante corporal Revê de Miel Nuxe Dica para aplicar blush sem pincel Dor nas costas na hora do trabalho ? Alongue-se Os estilos de “Emily In Paris” O que causa a queda de cabelo ?