Menu
Semana das leitoras

No Llores por mí, Argentina | Semana das Leitoras


Post da Semana das Leitoras escrito pela leitora Fernanda Borges
Ela  ficará encarregada de responder todos os comentários contendo dúvidas sobre o que foi escrito.
A dona do post mais bacana e com mais comentários interessantes levará um presente para sua casa.

……………………………………………………………………………………………………

Fui à Buenos Aires pela primeira vez no final do mês passado. Além de ser linda a cidade, tive ainda a feliz oportunidade de dar uma boa incrementada na minha coleção de makes.

Vamos à saga……

Início no Duty free  de São Paulo, onde o estoque da MAC tinha acabado de ser reposto, então a doce ilusão de guardar a grana para o duty free da Argentina, foi por “água abaixo”. Então, me agarrei ao snob, pink noveau, please me, e outras dessas raridades que não são facilmente encontradas nas lojas MAC do Brasil e que possuem uma  lista gigantesca de espera.  Lá também fui a procura do Météorites da Guerlain  (não encontrei), Phenomeny Eyes da Givenchy (tinham só em kit por $49), meu perfume predileto da Issey Miyake ($65), e encontrei  um novo lançamento da guerlain, (não anotei o nome do danadinho) um iluminador maravilhoso ($75), que achei caro e não comprei. Depois do surto consumista no estande da MAC eu resolvi me conter,,, ah se arrependimento matasse.

Chegada em Buenos Aires, e sem MAC no desembarque,  mas bastante clinique, Dior, Lancôme, e outras maravilhas.

Mas com cansaço da viagem, faltou ânimo pra percorrer todos os estandes e prateleiras, mas consegui o t-zone shine control ($14.5) e o instant perfection ($19.0), da linha pore minimizer da clinique (tem resenha aqui https://www.makeupatelier.com.br/2009/07/pore-minimizer-da-clinique-comparacao/).

Primeiro dia na capital da República Argentina,  o destino foi Galerias Pacifico em La Calle Florida, onde encontramos a MAC PRO completamente desfalcada e com os preços bem salgados, praticamente os mesmos das MAC brasileiras, então saímos de “mãos abanando”.

Ressaltando que já li que na MAC PRO só se pode comprar se for profissional da área, mas como nem perguntei  eu não saberia dar essa informação com certeza a vocês. Em compensação,  demos uma paradinha nos quiosques da La Roche Posay, Vichy e Avène, onde os preços dos produtos chegam a ser em média 50% mais barato que os do Brasil.

Nesse shopping tem uma lojinha fofa no primeiro piso a VZ, onde encontramos um monte de creminhos, água termal com aroma de melancia, lipbalm e afins por um valor digno. Caminhando pela Calle Florida encontramos várias lojas de roupas e couro com um preço tentador.

Segundo dia, o destino foi a Avenida Córdoba, com milhões de outlets na sua extensão, perdoem, mas não deu para percorrê-la por completo. Lá encontramos brinquedos num preço ótimo, em média 50% mais baratos que aqui. Finalizamos o dia com um chopp no Palermo Soho, um lugar bem alternativo e gostoso.

Terceiro dia, Patio Bullrich, onde ficam as lojas mais divinas que tive oportunidade de conhecer (Kenzo, Versace, Dior, Lacroix, Cacharel, e outras),  dentre elas a divina perfumaria Rouge, que é um luxo , com direito a tapete vermelho na entrada. Lá,  encontramos as marcas Pupa, Smashbox, Dior, Lancôme, Givenchy e milhões de outras marcas fenomenais. Sai da loja com  a Phenomeny eyes da Givenchy ($28), já antevendo que eu não iria encontrá-la em nenhum duty de volta,  acho que foi uma das poucas vezes que eu acertei um palpite.

Nesse mesmo dia, finalmente nos deparamos com a Farmacity. Aconteceu  outro surto consumista, lá comprei produtos da marca Rimmel e maybelline (tinha uma enorme variedade de produtos), tudo em torno de 20 reais.

A água termal da La Roche Posay de 300 ml está em torno de 60 pesos, o que equivale a aproximadamente R$30,00 ( aqui no Brasil a de 150 ml está em torno de R$55,00). O depilador Satinelle premium por R$250,00,  lenços demaquilantes da nívea por R$8,00 ( aqui custam   de R$16,00 a R$20,00), já os lenços de fabricação própria da farmacity que são hidratantes saem por R$4,00 o pacote com 30 unidades.

Quarto dia, evitamos o turismo consumista e visitamos o cemitério da Recoleta onde está enterrada Evita Péron. Estranhei o fato de visitar um cemitério, mas é realmente lindo e vale a visita. A  maioria dos mausoléus são verdadeiras obras de arte.

Em frete ao cemitério, tem uma loja onde encontramos o famoso chapéu Panamá (faixa de R$120,00). E para finalizar o dia, uma cervejinha no La Boca, um bairro no subúrbio onde se encontra o berço do Tango e o estádio do Boca Juniors (La Bombonera).

O lugar é bem caracterizado e lá existem muitos artistas de rua que fazem  apresentações de tango e outras danças típicas. É um ótimo lugar para  encontrar souvenir  para os amigos.

Quinto e último dia, fomos a feira de San Telmo, onde se encontram antigüidades, coisas velhas, coisas novas… tudo bem misturado. É preciso andar bastante e garimpar as peças. Pechinchar é ordem, tudo se negocia.

A finalização foi no duty de São Paulo, novamente no stand da MAC onde arrematamos o que não havíamos encontrado em Buenos Aires.

Uma última dica é a loja de bijuterias Isadora, que como a Farmacity, você encontra em muitos pontos da cidade, tem coisas lindas por um preçinho lindo também.

Se você é “louca” por makes, assim como eu, a  viagem a Buenos Aires é divina, não só pela beleza da capital, mas também pela oportunidade de comprar cosméticos e afins por um preço bem mais em conta do que no Brasil.

.
Por favor só  façam aqui comentários relativos a este post e perguntas para a leitora que o escreveu.
O blog não é responsável pelo texto acima, na dúvida consulte um especialista.

MakeUp Atelier

Sobre o autor

Editora e idealizadora do Makeup Atelier www.cinthiaferreira.com.br

Tudo sobre Estée Lauder Advanced Night Repair O melhor produto de Drunk Elephant | Lala Retro 3 Perfumes docinhos com toque Gourmand Como ter cílios curvados sem curvex Tudo sobre o BT Gloss de Bruna Tavares