Menu
Look da Cinthia / Looks de Viagem / Moda

Moda e Estlio | Bota de cano longo + mini saia justa pode ?

look_cinthia-cinzaPois é meninas, como eu disse, fica bem mais fácil fotografar os meus “looks do dia” quando o marido está perto para fotografar. Então mais uma vez aproveitei a nossa viagem para fotografar algumas peças. Pegamos o início da primavera no Canadá mas as temperaturas que pegamos foram de -10 até + 14, então posso utiliza-los como ideias para o nosso inverno que está para chegar.

Para esta viagem eu levei 4 botas mas só acabei utilizando 3. Duas pretas de cano longo – over the knee (esta sem salto e uma de camurça e com salto), uma preta de cano médio que vocês verão nos próximos looks e uma vinho que vai só até o tornozelo e por motivos de “frio” nem tirei da mala.

look_cinthia_couro_bota

Então vou começar com um look que tem tudo para ser polêmico, mas pode não ser. Afinal nada mais over do que misturar bota de cano longo (over the knee) com uma mini saia de couro, não acham ?

Para deixar a combinação mais apropriada para o dia e nada piriguete. Usei uma meia grossa preta que acaba juntando a bota de couro com a saia de couro e deixando uma unidade mais homogênea sem definir muito onde acaba um e onde começa o outro.

cinthia_couro_bota_cano_alto

Na parte de cima escolhi uma blusa de lãzinha mega fina e por baixo uma blusinha térmica preta. Deixei a blusa por fora da saia cobrindo parte do quadril e deixando o visual mais despojado.

Créditos: Saia de couro Zara, Blusa cinza de lã Zara, lusa térmica comprada nos EUA (não sei a marca), meia Lupo, Bota Schutz antiga, relógio de madeira Jord, óculos escuro Chanel e bolsa Balenciaga.

look_cinthia_couro_bota_longa

PS da De Peça em Peça…

“Esse tipo de bota gera altas polêmicas. Isso porque no passado as botas que ultrapassavam os joelhos estavam muito associadas ao “submundo” (se é que vocês me entendem rs)
Quando surgiram repaginadas no universo fashion, logo adquiriram adeptas fiéis, e também mulheres desconfiadas e perdidas. Afinal, como usar esse treco? Achata? Alonga? Pode em perna grossa? Fica vulgar com saia?  Enfim, uma enxurrada de dúvidas!
.
Se você quer experimentar essa tendência, mas tem medo de “pagar de periguete”, seguem algumas dicas:
– A Ci utilizou 2 recursos estratégicos para deixar o look leve, moderno e despojado, longe da vulgaridade. O primeiro foi a meia calça preta e grossa, que escondeu a pele e fez o perfeito link entre saia e bota. Se tivesse optado por não usar a meia, o resultado poderia ficaria comprometido. O segundo foi a escolha da bota em si: sem salto. O salto alto está inevitavelmente ligado à sensualidade, e para o dia, teria ficado demais. Se fosse um jantar ou qualquer outro evento noturno, tudo bem!
– Como usar a bota over the knee com salto? Legging e tricot amplo cobrindo o bumbum – a modelagem soltinha da blusa (pode ser um cardigã, uma camisa de seda, etc), quebra o visual justo da parte de baixo, equilibrando o look. Você também pode optar por uma saia onde a barra encontre o fim do cano da bota, criando um efeito elegante.
– Para quem tem pernas grossas e curtas, opte pelos modelos com salto mais alto, que vão alongar a silhueta (para esse efeito alongador, é importante que a cor da peça de roupa escolhida seja próxima à cor da bota). Saia + bota sem meia resultará num look entrecortado, que achata a silhueta.
– Saltos grossos transmitem mais informalidade, enquanto os finos trazem sofisticação. Solados rústicos e grossos compõe melhor com produções mais descoladas.
.
Observações importantes:
– Normalmente essas botas são mais ajustadas à batata da perna. Se você tem essa parte do corpo mais grossa, talvez tenha dificuldade em encontrar um modelo adequado. Algumas opções disponíveis nas lojas tem uma espécie de neoprene na parte traseira da bota, dando o ajuste perfeito para qualquer pernoca.
– Se ainda não tiver nenhuma bota desse tipo, adquira preferencialmente uma preta ou café. As botas nos tons caramelo, ocre e pinhão são lindas, mas bem menos versáteis.
– As versões em camurça tem ar sofisticado, mas sua conservação é mais complexa. Mancham com facilidade, especialmente com água. Já as de couro duram mais e tem fácil manutenção. Se o couro ralar ou ficar embaçado com o passar do tempo, um bom sapateiro consegue revitalizá-lo tranquilamente. “
.
Beijos, Carol e Thaís – facebook.com/DePecaEmPeca
Para saber sobre nosso serviço de consultoria de imagem, clique aqui.

Abaixo seguem algumas opções de botas na altura do joelho das coleções atuais (a da Cinthia é da coleção passada). Vários estilos de saltos, cores e acabamentos.

botas_over-the_knee

1 – Bota Market 33 em couro sintético, 2 – Bota couro, Luiza Barcelos, 3 – Bota em couro, Dafiti

over-the-knee

4 – Bota marrom em couro, Dafiti, 5 – Bota couro camurça Luiza Barcelos, 6  – Bota tecido camurça Dumond

Nas próximas semanas postarei mais looks de viagem usando as botas que que levei.

Para ver todos os posts com dicas de moda, clique aqui. Para ver todos os meus looks de viagem, clique aqui..




Sobre o autor

Editora e idealizadora do Makeup Atelier www.cinthiaferreira.com.br

Tudo sobre Estée Lauder Advanced Night Repair O melhor produto de Drunk Elephant | Lala Retro 3 Perfumes docinhos com toque Gourmand Como ter cílios curvados sem curvex Tudo sobre o BT Gloss de Bruna Tavares