corpo

Necessaire de viagem além da maquiagem…

shapoo

Quem me segue no instagram (@makeupatelier), sabe desde o fim de semana estou na Argentina, e foi montando minha necessaire desta viagem que achei interessante comentar algo que aconteceu comigo e me fez mudar de hábito na hora de escolher o que levar.

Já falei que amo miniaturas, que levo poucas maquiagens, que não deixo possíveis remédios de lado, nas nunca mencionei a necessaire “íntima”que não fico sem.

Claro que tinha que ser comigo uma história desta, mas vai que alguém passe o mesmo algum dia, então não custa engolir a vergonha e compartilhar rs.

Há alguns fomos para Las Vegas e antes de voltar para o Brasil, fizemos escala em Miami onde passamos 3 dias. Na época eu ainda não usava meu mirena e antes de chegar em Miami tinha comprado um absorvente X que não lembro o nome.

No dia seguinte que eu estava em Miami tive um probleminha nas áreas baixas e achei que teria um treco de tão incômodo que foi. Comprei umas pomadinhas que vimos na farmácia e o drama piorou ainda mais. Não tive escolha e acabei ligando para o médico do seguro de viagem para ser atendida no hotel.

Na ocasião uma amiga estava comigo no quarto, enquanto meu marido tinha descido com o pessoal para a área de lazer do hotel. Mas como meu inglês é macarrônico e por mais que eu entenda bem, travo na hora de falar, imaginem a cena na hora que o “médico”chegou.

Quando o cara entrou no quarto olhei para a minha amiga e não sabia se ria ou chorava. Ele não parecia médico e nem se vestia como tal. Parecia um cara que estava andando na rua todo largado e o chamaram para me atender.

Ele perguntou o que eu estava sentindo e felizmente, até que consegui explicar. Ai o infeliz pergunta de onde eu tinha vindo e quando eu respondi Las Vegas, o cara olhou para nós duas e disse: “Deve ser alguma DST”. E eu desesperada dizendo que não….rs, que eu estava com meu marido e que nuuuuunca tinha tido nenhum problema do tipo e tal.

O “doutor”perguntou se poderia me examinar e eu soltei um NÃO tão grande que até assustei o homem. Eu juro que preferiria aguentar até o Brasil do que deixar aquele homem olhar.

Depois de explicar bem o que tinha acontecido ele deduziu felizmente que eu tivesse apenas alguma candidíase e não uma DST (coisa que mesmo assim eu nunca tive, apesar de ser comum, ser do próprio organismo e não ter nenhuma relação com DST.  Mas me tratou um monte de comprimido daqueles controlados, com receita e que a farmácia demora 1 hora para preparar) . Tomei os tais remédios e quase não melhorei nada. Voltei para o Brasil e fui correndo no meu médico. Ele ficou chocado com a quantidade de remédio que o outro tinha passado e disse que eu não tinha NADA além de uma alergia.

Ou seja, o absorvente, o sabonete ou o papel higiênico me deu uma super alergia e o outro achando eu eu tinha “causado” em Vegas com a amiga ahhaha. Sério….acho que só comigo acontece estas coisas.

Resumindo: Se você vai viajar para fora do seu país, tem tendência a alergias e não quer passar pela mesma situação que eu, leve uma necessaire com suas coisinhas pessoais ou não tente testar marcas novas por lá. Deixe os testes e experimentações para as maquiagens.

Agora eu sempre levo meu sabonete líquido de bebê, meus absorventes e jamais deixo de levar na bolsa meus lencinhos de papel para não ter que usar papel higiênico do rolo que fica exposto nos banheiros públicos, onde o povo dá descarga com a tampa aberta e os bichinhos fazem a festa em cima no do papel ;)

Afinal a minha alergia aconteceu em Vegas e infelizmente não ficou em Vegas. Então melhor sair com tudo de casa.

You Might Also Like...

  • Ana Carolina
    outubro 9, 2013 at 12:23 pm

    Desculpa, mas eh ignorancia achar que so tem candidíase quem “causa”. Nao tem nd a ver com um comportamento sexual promíscuo. Pode ser associada até a stress, imunidade baixa…eu namoro há anos e infelizmente já tive várias vezes.

    • Cinthia Ferreira
      outubro 9, 2013 at 12:35 pm

      Nãooooooo….ele disse que eu tinha uma DST….candidíase não é dst não. E a maioria das mulheres que fica com biquini molhado na praia volta com candidíase. E a candidíase está no nosso organismo e se a imunidade baixar e vc tiver tendência terá mesmo…independente de ter atividade sexual ou não ;)
      De cara o médico disse que eu devia ter herpes rsrs sério…

    • Cinthia Ferreira
      outubro 9, 2013 at 12:37 pm

      Já atualizei o post para ficar mais explicado ;)

  • Bárbara
    outubro 9, 2013 at 1:54 pm

    História hilária!! Imagino o constrangimento rsrs
    Eu tenho alergia a absorventes e sempre fico bem esperta… adoro o sabonete líquido de bebê!

  • Luciana
    outubro 9, 2013 at 1:57 pm

    Achei excelente o post! Essas dicas valem ouro! Faço isso também quando viajo. Levo todos os produtos íntimos de casa, além da farmacinha básica para dor de cabeça, alergia, cólica, anti-inflamatório, etc.. Nossa saúde não vale economias nem testes, ainda mais longe do médico de confiança. Divirta-se em Buenos Aires!! :)

    • Cinthia Ferreira
      outubro 9, 2013 at 2:19 pm

      É estranho até falar disso mas depois que fiquei sabendo que uma amiga teve tb uma super alergia ao papel, achei interessante postar.
      E eu penso assim tb…além dos remédios eu sempre faço um bom seguro pq nunca se sabe.
      Bjs e obrigada

  • Luciana
    outubro 9, 2013 at 2:04 pm

    Esqueci de perguntar: você tinha a opção de ir ao hospital? Poderia escolher uma médica? Você preferiu que ele fosse ao hotel? Esse aí me pareceu querer se livrar logo da chamada e já receitou vários remédios para que algum deles acertasse o problema, que ele não sabia qual era..hahaha que horror!

    • Cinthia Ferreira
      outubro 9, 2013 at 2:18 pm

      Como aparentemente não seria necessário exames e eu queria apenas alguma pomada…preferi no quarto pq acho que não ficaria tranquila com um exame dese fora nem em hospital rsrs. Mas pelo sintoma meu medico disse que é o mesmo de candidíase e o problema foi que a dose que ele passou era super alta e tal. No final o que adiantou foi pomadinha antialérgica mesmo e só.
      Mas foi tenso rs

  • Flavinha
    outubro 9, 2013 at 2:13 pm

    Sempre fico me perguntando se precisar, como faz pra usar pelo seguro de viajem… se tem q ir ao hospital, se tem q chamar….

    • Cinthia Ferreira
      outubro 9, 2013 at 2:16 pm

      Eu já usei esta vez que vieram no quarto. Minha mãe usou duas vezes…uma era dor de garganta e vieram no quarto e outra a levamos ao hospital pois estava com infeccao de urina e teve que fazer exames. ;) O problema que no quarto demora mais de hora, mas as vezes é mais cômodo.

      • Flavinha
        outubro 11, 2013 at 1:03 pm

        Bom saber, pq uma vez tava em San Francisco e eu tava com uma “ameaça” de ficar com infecção urinaria, ai fiquei super nervosa pq não sabia o que fazer se tivesse mesmo, tava com o seguro só do cartão de credito sabe? No fim me entupi de ague e suco de cramberry e passou.
        Mas esse seguro que vc usa, como é? É a parte ou é do cartão de credito? Desculpa ficar perguntando mas é que eu tenho curiosidade de saber como proceder em caso de ter que usar fora do Brasil numa emergência.

        • Cinthia Ferreira
          outubro 11, 2013 at 1:50 pm

          Poutz, isso é terrível…minha mãe teve na última viagem para os EUA tb e tivemos que ir no PS que o seguro indicou. Receitaram o antibiótico e beleza.
          E eu sempre faço seguro a parte além do cartão. Uso a Mondial ou um da Omint. Eu pago de acordo com os dias que ficarei por lá e dá uma série de vantagens além de médico. Eles pagam remédios, mala extraviada, e um monte de coisa. Ai eles mandam o médico no hotel ou te encaminham para um hospital de acordo com o caso. Eu jamais viajo sem seguro ;)
          E sobre a infeccao, lá tem umas fitinhas que verificam na hora e sao vendidas na farmacia. Assim se der mesmo sinal de infeccao vc vai p médico. Com a minha mae fizemos isso.
          Bjs

          • Flavinha
            outubro 21, 2013 at 7:41 am

            Obrigada Ci!! Me ajudou bastante!!
            E não conhecia essas fitinhas!! Pq não temos isso aqui hein?? Ia facilitar absurdamente!! #chatiada

            • Cinthia Ferreira
              outubro 21, 2013 at 2:23 pm

              POis é. Mas eu compro no ebay para minha mae sempre. Chama Azo Urinary Tract Infection Test, Test Strips. Fica menos de 15 dolares para o Brasil ;)

  • Lia
    outubro 9, 2013 at 3:29 pm

    Sou super alérgica e já tive um problemão nas “partes baixas” por causa de alergia!
    Eu posso sair sem roupa de casa, mas sem meu “kit íntimo”, jamais!
    Já tive alegrias em tudo quanto é lugar do corpo, mas esse é o pior!

    • Cinthia Ferreira
      outubro 9, 2013 at 8:08 pm

      É terrível né ? Aff nunca mais quero passar por isso :(

  • Luciana
    outubro 9, 2013 at 4:12 pm

    Pergunta, pois fiquei curiosa: para que o sabonete líquido de bebê? Você lava as partes intimas com ele? Espero que não, pois não é indicado para isso. Melhor comprar um sabonete liquido especifico que te ajudará mais. bjos

    • Cinthia Ferreira
      outubro 9, 2013 at 7:31 pm

      Oi luciana isso mesmo. Ao contrário do que se imagina meu medico desaconselhou totalmente o uso de sabonetes íntimos pois eu tb tinha alergia a eles. Provavelmente é o perfume que me da alergia. Não posso usar nem o sabonete nem os lencinhos. :(

  • Fernanda Mello
    outubro 9, 2013 at 11:48 pm

    Ci, essas coisas nao acontecem só com vc nao. Eu tb tive isso la! Acabei de voltar de ferias dos EUA. Fiquei 22 dias, passei por Vegas e tive uma alergia braba nas regioes baixas tb hehehe e na pele do corpo todo! Sorte que a pomada que comprei na farmacia amenizou minha situacao da candia. Sofri tb com a pele mt mt ressecada a ponto de fazer feridas no corpo de tanto coçar. Aconteceu isso comigo e mais um casal de amigos que estavam comigo. Só depois que comecei a usar Bio Oil e um hidratante da Aveeno para coceiras que melhorei. Acho que o clima de Vegas e a agua contribuiram pra eu ter esse problema de ressequidao na pele e a candia :( sofri viu…

    • Cinthia Ferreira
      outubro 10, 2013 at 11:45 am

      POis é. Vegas é seco demais…minha pele inteira ficou horrível. Ai acho que com a pele seca e mais o absorvente de lá deram algo péssimo. Mas que bom que vc se resolveu sozinha. Um drama estas situações.

  • Cristina Brunetti
    outubro 10, 2013 at 10:46 am

    Oi Cinthia.
    Isso já aconteceu comigo, mas aqui no Brasil mesmo. Tenho alergia a sabonetes íntimos e a determinadas marcas de absorvente. É horrível. Até descobrir o que me causava isso demorou um pouquinho e muitas amigas achavam que era alguma doença ou mesmo frescura. Sempre que saio de casa carrego lenço de papel comigo para evitar acidentes.
    Muitas amigas tiram sarro da minha nécessaire que é cheia de remédios, lenços e afins, mas prefiro ficar prevenida do que sofrer depois.
    Adorei o relato, com certeza serve para muitas meninas pensarem e se precaverem contra isso. Muitas de nós esquecemos coisas básicas como essa. Eu, por exemplo, me preocupo em lavar as mãos antes e depois de usar o banheiro. Nossas mãos estão sujas e ao pegar o papel posts nos limparmos o contaminamos. E olha que muitas pessoas disseram que sou louca por fazer isso.
    Um grande beijo e ótimo post.

    • Cinthia Ferreira
      outubro 10, 2013 at 11:42 am

      POis é Cristina, meu gineco me proibiu de usar sabonetes íntimos pois disse que sou alérgica a fragrância. E esta de lavar a mão antes e depois é muuuuito importante. Pena que muita gente não dá bola para isso.
      E tb dizem que eu sou louca ahahha mas não ligo ;)
      Bjs

  • Lidy
    outubro 10, 2013 at 1:34 pm

    Nossa Cy imagino seu constrangimento..eu tambem tive uma reação alérgica só que foi na pele do rosto e do corpo..me enchi de bolinhas e meu olhos chegou a fechar de tao inchada que fiquei..perdi uma semana das minhas ferias presa dentro do quarto..=/..no final fui ao medico e descobri que eu era alérgica a Pimenta..aff..e ele me receitou esse sabonete da ”Johnsons da cabeça aos pes” para mim lavar o rosto..ate hoje uso ele e amo! beijoss

  • Isabelle
    outubro 10, 2013 at 2:03 pm

    Nossa Ci!
    Nunca tinha parado para pensar isso sobre o rolo de papel higiênico….
    Eu sempre carrego meu álcool gel, passo no vaso, abaixo a tampa antes da descarga, mas esqueci de pensar esta parte que os outros não fazem….
    Mais um item para minha necessaire para a viagem pela Route 1!!!!
    Obrigada por partilhar suas experiências!!!!
    Bjk
    Belle

  • Cassia
    outubro 12, 2013 at 10:23 pm

    Olá, Cinthia, muito obrigada por expor sua intimidade dessa forma, em prol de ajudar as suas leitoras. Agora te admiro ainda mais :)
    Já tive problemas no exterior também. Uma vez foi com um curativo genérico que comprei, tive alergia à cola dele. Sempre levo absorventes, mesmo que a viagem seja curta, mas uma vez precisei comprar um pacote e apesar de não ter tido problemas, notei o quanto era “plástico”. E era Intimus, mas muito diferente dos nossos.
    E como você, também parei de usar sabonetes íntimos. Tive tanta coceira depois de um tempo que os médicos me medicaram como candidíase, mas não resolveu. Até que uma médica me falou para substitui-lo por um neutro. A melhora foi quase imediata, e quando viajo também levo sabonete de criança ou algum J&J mesmo, que são mais suaves.
    Prefiro levar mais tralha do que correr o risco de sentir incômodos durante a viagem. Tranquilidade não tem preço, não é?
    Beijos!

  • Carolyne
    outubro 14, 2013 at 5:48 pm

    Cinthia!

    Esse post aqui fez barulho, hein?! Nossa, que situação! Tenho o hábito de levar algumas miniaturas daqui msm, a exemplo, do meu sabonete íntimo. O absorvente eu sempre levo tb, mas honestamente isso é uma mania que minha mãe me passou. E ela chega a ser mais sistemática do que eu. Agora, Cinthia, vc apenas fundamentou minha mania!

    Obrigada pelas dicas! Sempre valiosas!

    Beijinhos,

    Carol

    • Cinthia Ferreira
      outubro 16, 2013 at 12:50 am

      E eu nem o íntimo posso mais :(
      Mas vc faz certinho e esta sim é uma boa mania.
      Bjs e obrigada

  • Karyne Duarte
    maio 14, 2014 at 10:51 am

    tb tive um problema sério em uma viagem ao exterior… tive infecção urinária! E eu já tinha comprado o remédio que a ginecologista passou para caso acontecesse isso. Não levei… não imaginei que fosse precisar. Foi tenso!