Menu
importado / Makeup / review / Tutoriais

Tutorial | Meu passo a passo com maquiagem mineral

Ai vai mais um post que eu estava devendo há tempo, desde que fui no lançamento da bareMinerals no Brasil e fiz este post aqui. De lá para cá já usei o kit inúmeras vezes, mas só foi me apegar novamente mesmo nestas últimas semanas de calor insuportável que está fazendo aqui em SP

No post de lançamento também contem que meu primeiro contato com a marca foi há muitos anos na Sephora de Paris, época eu jamais imaginava ter um blog. Foi minha primeira caixinha de kit de make e meus primeiros pincéis mais bacaninhas.

De lá para cá a caixinha mudou, o primer mudou e as embalagens dos pózinhos ficaram bem mais práticas e eficientes.

Vou contar agora o meu passo a passo para usar produtos minerais. O único que está repetido acima é a base. Tem uma na versão original e outra na versão matificada.

Primeiro eu ganhei a versão Matte na cor Fairly Light N10. Apesar de terem escolhido por mim no dia, acho que recebi errado, pois além de não pedido a matte, a cor ficou meio amarelada em mime e claro, só percebi quando cheguei em casa e apliquei. No final foi ótimo que pude conhecer a versão matte e testar se relamente tem diferença.

A base bareMinerals matte é especial para peles oleosas, dá um acabamento mais matificado como o nome já diz e dura mais tempo. A pele fica lisinha, mais opaca e segura bastante a oleosidade da pele. Acho que ela é ótima para quem realmente sofre com a pele oleosa.

Depois ganhei a base bareMinerals original na cor Fairly Medium C20 e esta sim ficou perfeita na minha pele. Apesar de ser um pó, ela não fica tão opaca como a matte, mas também segura a oleosidade e dura umas 6…7 horas na minha pele.

 Vamos ao make…

No meu passo a passo eu acrescento alguns produtinhos. Começo com o primer Prime Time da bareMinerals no rosto todos (ele é no estilo de primers transparentes e com aspecto siliconado), e na região da olheira aplico o corretivo que trata da Garnier (falei aqui). Pois no meu caso, prefiro colocar pouco corretivo mineral por cima depois do que ficar com a região muito carregada.

Na minha opinião e na da criadora da marca também, acho impossível usar este tipo de base mineral sem um bom primer hidratante. Já tentei, mas a pele fica meio ressecada, com um aspecto estranho que não me agrada. Lembro que foi com esta caixinha que usei o primeiro primer da minha vida, quando ninguém ainda falava no assunto e eu achava um saco ter que aplicar algo antes da base rs.

Depois que o corretivo líquido estiver sequinho começo aplicar a base. Uso os pinceis da própria marca que tem certas naturais e facilitam a aplicação já que os produtos tem textura extremamente leves e um pincel de fibra sintética não “agarraria” a quantidade certa de produto na hora de aplicar.

O grande segredo da base mineral é a forma de aplicar. Se você aplicar uma camada espessa para ter uma alta cobertura, o resultado não ficará legal. Você tem que ter paciência para aplicar camadas finas até chegar no resultado desejado. Não acho que seja o tipo de maquiagem para quem tem pressa, a não ser que não tenha nada para esconder e só precise de uma camada fina.

Bom, mas para aplicar a base você coloca uma quantidade pequena de produto na tampa, gira o pincel para “agarrar” o pó, bate para tirar o excesso e aplica em movimentos circulares. Vai repetindo este processo até chegar na cobertura desejada.

Na minha opinião eu acho a base mineral legal para uma cobertura leve a média. Já vi maquiadores cobrindo tudo com base mineral, mas começo achar que fica carregado e não é um visual que me atrai.

O 4 passo é usar a base como corretivo. Já existe corretivo mineral e acredito que tenha uma cobertura diferenciada, mas nunca testei. Mas enfim, uso a base e um pincel de fibras achatadinhas.

Passo o pincel no produto e aplico uma quantidade de produto um pouco maior nas regiões que eu quero cobrir. Este processo também pode ser feito com o dedo, espalhando suavemente camada por camada. Para corrigir minha mancha de vitiligo na testa usei um corretivo cremoso mais escuro.

Pele corrigida, é hora de colorir. O Warmth é um bronzeador que costuma vir junto com todos os kits e tem uma cor única que se adapta a todos os tons de pele só variando na quantidade de aplicação. Ele serve para dar uma corzinha na pele ou ser usado como contorno.

Já o blush mineral da bareMinerals foi a primeira vez que usei e amei demais. A cor é linda, a textura é ótima e a durabilidade é muito boa. São 18 cores e uma mais linda que a outra. Ele é super pigmentado e um tiquinho rende muito.

Para aplicar o Warmth eu uso o pincel que vem junto mas dou uma apertadinha nele na hora de aplicar, para ficar certinho no fundinho da bochecha. Como minha pele é clarinha, uma camada já é o suficiente para ficar com o rosto desenhado. Cuidado para esfumar bem e não ficar com o rosto marcado de forma feia. Contorno tem que ser degradê para não ficar fake demais.

Ele também pode ser usado como bronzer e espalhado nas áreas que o rosto fica mais queimadinho no sol e deixar um visual bem natural.

Agora o blush mineral na maça do rosto. Um pouquinho para não ficar forte demais, mas você controla a intensidade da cor. Percebam que ele é bem escuro na embalagem, mas eu consigo controlar bem o tom no rosto.

Para finalizar a sequência de pó, um dos produtos que mais amei até hoje, o Mineral Veil. Foi o mais usado do kit que comprei a primeira vez, ficava encantada com a textura dele, muito antes de existirem estes fixadores transparentes que amamos hoje em dia.

Ele pode ser encontrado na versão tradicional e na versão com FPS25 e super legal para usar durante o dia reaplicando-o a cada 2 ou 3 horas.

Mais uma vez aplicamos na tampinha, tiramos o excesso e aplicamos no rosto todo por cima de tudo. Ele tem uma corzinha, mas no rosto fica translúcido. Ajuda a minimizar os poros, controlar a oleosidade e fazer o make durar mais. Depois dele eu fiz o olho, mas você pode fazer o make todo e aplicá-lo só no final.

Agora o meu truquezinho pessoal é o seguinte. Como prefiro pele luminosa, amo base líquida e gosto de ver o produto “fundido” com a pele. Sempre borrifo alguma bruma hidratante (usei uma da Benefit e falei aqui) no final da maquiagem, principalmente se for mineral. Na minha opinião ela deixa a maquiagem muito mais natural, bonita e luminosa. Quem ama pele mais matificada não precisa fazer isso.

O que eu mais amo nestes produtos é a textura que a pele fica. É delicioso passar a mão no rosto depois e sentir tudo lisinho e gostoso. Foi bem legal ter voltado a usar um dos produtos que me fez ficar ainda mais viciada em maquiagem, no passado. Ainda amo muito base mineral líquida, mas vira e mexe estou me jugando na mineral em pó total.

.

Alguém usa a linha ? E alguém já percebeu os benefícios propostos do uso constante ? Tenho curiosidade de saber isso ;)

 .

 Onde ? Este kit da bareMinerals eu ganhei para testar. Aqui no Brasil tem nas lojas da marca e na Sephora (tem aqui). Quem quiser comprar fora e receber aqui tem na Fell (tem aqui)

Quanto ? Aqui no Brasil o  Kit Get Started (com 4 produtos e um pincel )sai por R$ 149,0012x R$ 12,42 na loja de UK o Kit (com 5 produtos e 3 pincéis) sai por 41,60 libras.

 

Sobre o autor

Editora e idealizadora do Makeup Atelier www.cinthiaferreira.com.br

Esfoliante corporal Revê de Miel Nuxe Dica para aplicar blush sem pincel Dor nas costas na hora do trabalho ? Alongue-se Os estilos de “Emily In Paris” O que causa a queda de cabelo ?