Menu
Dicas

“Odeio minha maquiagem” ou “O produto certo, na hora errada”

Levante o dedo mindinho quem nunca comprou um produto e teve vontade de jogá-lo na parede tamanha decepção!  Como já passei por isso e vejo várias leitoras reclamando da mesma coisa, resolvi dar a minha opinião sobre o assunto.

A primeira coisa que eu sempre falo é o seguinte, não existe o produto 100% certo. Existe o produto que é certo para uma pessoa e pode ser muuuito errado para outra, por isso a grande importância de conhecer bem sua pele, seu estilo de vida e o clima do lugar que vive, antes de se jogar na última palette de corretivos lançada em Paris que custa uma fortuna.

Era uma vez um shampoo perfeito que virou sapo…

O mesmo shampoo que já pode ter te deixado uma princesa no passado, pode literalmente te deixar de cabelos em pé.

Clima: Sabe aquele shampoo perfeito que você comprou nos Estados Unidos, usou a viagem inteira achando incrível, fez uma mala de estoque e quando chegou aqui ele “perdeu o efeito”. Pois é, quando o assunto é cabelo, a umidade (e até a composição da água do chuveiro)  e o clima que temos pode atrapalhar o efeito do produtos, não fazer o mesmo efeito que fazia lá e deixar uma mulher realmente decepcionada.

Estrutura dos fios: Outra coisa é o estado do seu cabelo no momento, e meu caso mesmo, é um ótimo exemplo. Agora que estou sem fazer luzes há mais de 8 meses, a raiz do meu cabelo que é mega oleosa está ainda pior sem tinta. O mesmo shampoo que eu amava no início do ano não dá mais certo agora e tenho que usar outro para dar conta da oleosidade. Lógico que quando eu tingir novamente os fios ficarão mais ressacados e poderei voltar a usar o meu shampoo anterior, mas atualmente ele estará jogado de lado.

Necessidades: Ainda tem a questão do tempo de uso de um produto. Por exemplo, seu cabelo estava mega ressecado e aquele super ultra condicionador era perfeito para reparar o estrago, depois que o cabelo retoma a dignidade, pode ser que o condicionador seja ‘”demais” e seu cabelo fique pesado, opaco e sem volume na atual situação. Hora de trocar de produto e não xingá-lo porque não funciona mais.

Você pode estar usando o produto certo, na hora errada!

“Ahhhh base infeliz que custou o olho da cara e eu odiei absurdamente…”

Você vê o lançamento de uma base na revista, fica louca com o sucesso de vendas, lê milhares de elogios a web (opiniões verdadeiras e não pagas, lógico), cria coragem e compra a bendita que é uma fortuna. Assim que recebe vai testá-la, aplica e odeia.

Mas espera ai..vamos com calma. Se a base foi tão elogiada ela deve ter uma ótima formulação e infelizmente você não se adaptou ou quem sabe, não usou da forma correta.

Antes de jogar a base fora e soltar fumacinha pelos olhos, vamos tentar alguma alternativas. Se achou a sua base muito hidratante e sua pele é oleosa, tente misturá-la a um sérum ou primer matificante, fica ótimo. Se a base não hidratou sua pele suficiente ou você achou espessa demais, seca demais ou ruim de aplicar, misture um pouco do seu hidratante facial. Se ficou escura demais, use-a para fazer contornos no rosto, se ficou clara demais, use para illuminar algumas áreas (tem post explicando aqui).

Se ficou ruim aplicando com o dedo, tente com o pincel, esponjinha ou vice versa. Se transfere demais, aperte um papel absorvente contra a pele logo depois de aplicação e aplique um pó levinho por cima. Se ficou muito leve, aplique mais uma camada, ou menos produto se o caso for o oposto. Se mesmo assim não rolou, misture-a a um hidratante corporal e aplique nas pernas para uniformizar a cor. O que importa é tentar de todas as formas possíveis.

“Tenho certeza que tem é mentira da blogueira pois testei a máscara que ela mostrou e não ficou nem parecido com os cílios dela…”

Máscara de cílios é umas das campeãs de reclamações e decepções. Você mais uma vez investe dinheiro, aplica e de cara já se arrepende.

O tempo:  Uma máscara de cílios quase sempre vem muito líquida e nas primeiras aplicações não atinge nem 50% do efeito prometido. Depois de uns 10 dia, de tanto a escovinha entrar em contato com o ar o produto ganha corpo e aí sim o resultado vai ficando melhor (e é este mesmo contato com o ar que estraga e endurece a máscara depois de um tempo, de forma alguma deixe a máscara aberta para acelerar o processo). Então não xingue o produto e tente não fazer resenha de máscaras de cílios antes destes 10 dias. Se esperar um pouco o resultado será muito melhor.

Forma de aplicar: Cada escovinha deve ser aplicada de uma forma então você deve se adaptar a ela. Aplique bem rente aos cílios, faça mini zig zag em direção a ponta, aplique por cima dos cílios como se tivesse “fazendo escova” e curve-os para cima, aplique duas camadas antes do produto secar, aplique uma camada, separe-os como uma escovinha limpa e aplique a segunda, use o aplicador na vertical para pegar os cantinhos e claro…invente sua própria forma, teste de muitos jeitos e só depois de todas as tentativas,  jogue fora se realmente não gostou ;0)

Nasci assim: Além de tudo isso tem a questão genética não é ? Meus cílios são naturalmente compridos e com um certo volume, obvio que a máscara ficará melhor em mim do que em quem tem os cílios curtinhos. Tem coisa que não temos muito o que fazer.

Vamos pensar bem antes de odiar um produto e culpá-lo totalmente.  Se até aquele namoradinho da adolescência teve direito a uma segunda chance, porque aquele produto caríssimo não merece o mesmo ?

Será que foi o tal BBCream que acabou com a minha pele ???

Os hormônios: Mulheres são praticamente manipulada por seus terríveis hormônios e isso é a pior coisa que pode acontecer quando falamos de experimentação de produto. Você resolve começar usar aquele creme maravilhoso que seu médico receitou bem na época da sua TPM sem lembrar da dita cuja, usa o creme e dois dias depois o rosto está cheio de espinhas. Culpa do creme ??? Nem sempre, as vezes a culpa do seu próprio organismo.

A primeira vontade que da é jogar o tubinho pela janela e culpá-lo eternamente pelo estrago. Mas se pararmos para pensar que as malditas explosões cutâneas apareciam da mesma forma no mês anterior ? Será que não é assim todos os meses mas só reparamos por conta do novo creme ?

Uma vez comprei um BB Cream, usei toda feliz, depois de uns 15 dias comecei a ter várias espinhas. Parei na hora e por mais que eu soubesse que os ingredientes contidos nele eram justamente contra oleosidade e espinhas, tinha certeza que a culpa era do creminho. Depois de falar com dermato e fazer exame hormonal, descobri que o estrago era por conta do meu DIU mirena que substituiu minha pílula e ainda estava em adaptação. Infelizmente eu me livrei do produto chinês sem ter tempo de pedir desculpas :(

Então antes de brigar com o dermato dizendo que o creme que ela passou te deu espinha, lembre da época do mês, repare se se estressou mais do que o normal, se mudou algo na alimentação ou se tudo está correto. Assim fica mais fácil identificar o vilão. E se for o creme, conforme-se com o gasto, pare de usa-lo e salve sua pele ;)

Já li posts de blogs metendo o pau em produtos que eu amo e uso a séculos, gente que não entendeu direito a proposta, a forma de uso e falou tão mal do produto que se eu mesma não conhecesse, jamais compraria (confesso que minha vontade nestas horas é pegar a pessoa, colocar cara a cara com um dermatologista para que a mesma receba uns bons conselhos sobe o seu erro). Por este motivo sou um tanto contra resenhas negativas.

As vezes a pessoa usou de forma errada, comprou um produto que não tem nenhuma indicação para o seu tipo de pele e sai falando mal de um produto que é super vendido no mundo todo e muita gente ama. Mais uma vez eu reforço, não é porque o produto não foi bom para você que ele não presta, pense nisso!

Agora chegou a hora de vocês…

E aí, já deram uma segunda chance a um produto e viram que o problema não era ele ?

Arrumaram alguma forma diferente de usar um produto que não curtiram no início e agora adoram ? Quero muito saber ;)

 

Sobre o autor

Editora e idealizadora do Makeup Atelier www.cinthiaferreira.com.br

O melhor produto de Drunk Elephant | Lala Retro 3 Perfumes docinhos com toque Gourmand Como ter cílios curvados sem curvex Tudo sobre o BT Gloss de Bruna Tavares SPA em casa | Os Óleos corporais de Clarins