Videos

Vídeo |Encomendas internacionais. Fazendo ou trazendo encomendas para os amigos.

Eu viajo muito e tenho amigos que também viajam muito. Por isso resolvi comentar um pouquinho sobre “boas maneiras” na hora de pedir aquele produtinho para a amiga ou trazer ou não a encomenda solicitada.

Comentei sobre tamanho e peso de produtos, coisas difíceis de achar, lojas que não vendem o que o site vende, como e quando pagar, impostos e muito mais.  Não são regras, apenas meus comentários do que penso a respeito.

.
Aperte o play ou clique aqui se não estiver visualizando o vídeo.

.

E vocês, já passaram por alguma situação complicada pedindo ou trazendo alguma encomenda ? Tem alguma dica ?

Para ver mais vídeo,se inscrevam no meu canal aqui e claro, sugiram novos temas que gostariam de ver por aqui.

E claro, visitem também o Spicy Vanilla, meu blog de viagem que tem um montão de dicas de roteiros e comprinhas.

.

You Might Also Like...

  • Alba
    abril 7, 2015 at 2:56 pm

    Oi, Cinthia!
    Vou do final para o início: a alíquota do IOF é de 6,38%. A questão da conversão de moedas é ainda mais caótica do que você destacou, pois tem a tal diferença de cotações entre o fechamento da fatura, que pode ser tanto para mais, quanto para menos, e o efetivo pagamento, no vencimento da mesma. Quando a variação é de pequeno valor, eu não menciono, e me limito a cobrar o item encomendado apenas com o valor lançado na fatura quando do vencimento daquele mês, entendeu?
    Eu tenho umas amigas que gostam de pedir, e eu já sou mais comedida. A coisa tomou uma dimensão tal, que minha vizinha me pediu uma relação enorme de suplementos vitaminicos de minha ida a Orlando. Eu procurei trazer tudo, mas foi aquela vez, e nunca mais. Simplesmente nunca mais falei das minhas viagens para ela! Achei um abuso, já que havia frascos enormes e que pesaram até mesmo durante as compras, na caminhada entre uma loja e outra, acabando com minha vontade de comprar para mim mesma!
    Outra me fez correr atrás de uma maldita base em várias lojas em Woodbury, porque eu fiquei constrangida de dizer que não tinha encontrado o tal item. Resultado: achei, mas eu e meu marido nos aborrecemos muito, e é outra a quem não falo mais sobre tal assunto.
    O fato é que todas nós viajamos com certa frequência, e ninguém realmente precisa incomodar a outra, então, cortei geral. Apenas uma mais próxima, e que só me pede o possível, pois se for impossível ela já diz que não tem problema, que ainda atendo. No mais, dizer não é muito libertador!
    Abraços,

    • Cinthia Ferreira
      abril 21, 2015 at 11:15 am

      Ah sim, por isso que eu disse que o dólar mesmo só aparece no mês seguinte e cada cartão ainda cobra taxa diferente. É terrível.
      E vitaminas são mega pesadas né. Eu até trago, mas compro na última parada e só o que couber na mala.
      E fala sério, correr atras de lojas específicas eu já fiz há muitos anos, hoje não faço mais nem a pau.
      bjs

  • Tess
    abril 7, 2015 at 8:47 pm

    O que sempre faço com meus amigos é pedir para que eles comprem o que quer que seja (observado o tamanho e peso, claro) pela internet e peçam para entregar no meu hotel ou apartamento.

  • Virginia
    abril 8, 2015 at 3:39 am

    Nossa, concordo muito com tudo o que vc disse. Uma vez fui para nova iorque e me pediram pra comprar um par de crocs para criança, juro, tive que rodar manhattan inteira para achar a loja do crocs, a maior chateação. Fora que meu irmão pediu para eu trazer um skate!! Nunca mais trago nada pra ninguém, só se for coisas pequenas, fáceis de achar e olhe lá! As pessoas são muito sem noção.

    • Cinthia Ferreira
      abril 21, 2015 at 11:13 am

      Aff….isso é um abasurdo. Quer coisa diferente que mande entregar no hotel né ?
      Mas tem muita gente sem noção mesmo.
      Bjs

  • Aline
    abril 8, 2015 at 9:08 am

    Oi Cinthia querida, me diverti com o vídeo kkk. Mas eu sou chata, não trago nada para ninguém :(…Salvo família, rsrs.
    Acho o fim a cara de pau do povo.
    Super bjo, adoro seus blogs.

    • Cinthia Ferreira
      abril 21, 2015 at 11:12 am

      hahahaha mas eu já passei por cada uma com família que é até pior que amigo rsrs. Já tive que mandar coisas pelo correio pq recebi uma caixa no hotel que não cabia nem na mala. Tenso.
      bjs

  • thamy
    abril 9, 2015 at 4:02 pm

    Oi Cinthia! Adoro seus blogs, mas nunca comento! =D
    Adorei o video! Já passei por muita saia justa por causa da falta de noção e educação das pessoas. De primo que nem te deseja feliz aniversario no Facebook e vê a sua foto em NY e a primeira coisa que faz é pedir um iphone!
    Já tive que caçar tênis para colega de trabalho, achar peça para go-pro que só vendia numa loja específica de NY, fora os pedidos de notebook!
    Depois de passar muito nervoso, levar calote, etc, aprendi a dizer NÃO! Trago coisas específicas para poucas amigas e nem respondo mensagem sem-vergonha no facebook!
    Um beijo!

    • Cinthia Ferreira
      abril 21, 2015 at 11:11 am

      EE., bem vinda nos comentários.
      E poutz, tenis é terrível….ninguem merece rs.
      Eu sempre trago dentro dos limites mesmo.
      bjs

  • Soninha
    abril 11, 2015 at 5:10 am

    Nossa ótimo post !!
    Todos deveriam ler. As pessoas precisam se tocar.
    Só peço para umas 2 pessoas q tenho MUUUUUUUUUUUUUUUUUUITA intimidade.
    Quando minha filha fez 15 anos demos a ela viagem para Londres/Paris.
    Como era sua primeira viagem internacional nem eu q sou a mãe tive coragem de pedir coisas a ela (só pedi um produto da Mac prá ela comprar no aeroporto mesmo), porque sabemos q dá trabalho sim procurar o produto certo na cor certa.
    Eu mais: eu queria q ela aproveitasse a viagem e comprasse coisas para ela.
    Respeitei aquele momento que tenho certeza foi especial na vida dela.
    Às vezes o que é simples prá nós é complicado para os outros.
    bjs

    • Cinthia Ferreira
      abril 21, 2015 at 11:10 am

      Pois é. Mas confesso que morro de rir quando vejo homens brasileiros com listinha na Sephora ahahaha Já ajudei tantos pais e namorados perdidos rs.
      Mas o ideal é entregar tudo no hotel e pronto ;)

  • Maria Manoela Porto
    abril 13, 2015 at 9:13 pm

    Ahahhaha eu adorei o video! Vou deixar o comentário por aqui senão vou me complicar, kkk

  • daniela
    abril 16, 2015 at 9:23 am

    ahh post mais que perfeito para as amigas e familiares que não tem noção do trabalho que é procurar as coisas pros outros. realmente não existe coisa mais fácil do que a encomenda chegar diretamente no nosso hotel, não temos problemas nem com a procura nem com o pagamento do produto…! amei o vídeo!

  • Nara
    abril 23, 2015 at 6:39 pm

    Esse vídeo muita gente deveria assistir porque o pessoal gosta de abusar. rsrs
    Minha irmã vai mês que vem p/ Orlando, queria algumas coisas, mas, como sei que o foco da viagem são os parques e também ela não tem paciência para compras, estou pensando cinquenta vezes se peço algo ou não. Pra falar a verdade, to esperando na esperança que ela se manifeste rsrs
    Acho que vou adotar a ideia de comprar no site e pedir p/ entregar no hotel. Será que no site da sephora tem opção de entrega expressa?
    Bjo

  • Lilian
    abril 24, 2015 at 2:47 pm

    Nossa Ci, me identifiquei muito, pq ja tive viagens em que recebi listas por msg, pedindo óculos, relógios, perfume e etc e dinheiro que é bom nada e quando fui passar o valor da compra ainda acharam que eu estava cobrando a mais, conclusão, ate a amizade acabou por causa disso. Hj não trago mais nada para ninguém, so para meus irmãos, meu pai e minha mãe.

    Bjs e adoro o blog.