Cabelos corpo review

Testando Lush | Shampoo para cabelo oleoso e sabonetes docinhos

lush_capa

Nunca vou me esquecer do dia que comprei meus primeiros produtinhos da Lush no Brasil (há uns 15 anos imagino). Gostei tanto dos produtos e da durabilidade deles que virei cliente logo de cara. Usava shampoo, sabonete, hidratantes, máscaras, barras de massagem e até desodorante. Eu amava as revistinhas catálogos deles e tudo que eu lia lá, queria testar. Passava horas na loja.

Até que as lojas do Brasil foram fechando, fechando, até que a marca parou de ser vendida no país. Fiquei super triste com isso e quase não comparava nada da Lush em viagens pois meu marido está sempre junto e nunca conseguia entrar na loja por achar o perfume forte demais rs. Agora que a Lush voltou, achei o máximo e com certeza voltarei a comprar.

Para quem não conhece, a Lush é uma marca de produtos naturais e veganos, artesanais e feitos a mão, não testa nada em animais e tem um conceito bem bacana de reduzir a quantidade de embalagens.

Eles compram os ingredientes e matérias primas diretos das comunidades e por mais que a marca seja conhecida no mundo inteiro, ainda tem o estilo artesanal.

E como eles dizem:  “Nenhum destes ingredientes foi testado em animais e não compramos nada de ninguém que tenha testado qualquer coisa em animais.”

lush_shampoo

Como aqui no Panamá é um calor insuportável de dia e de noite e meu cabelo que já é mega oleoso, virou uma pasta. E como meus shampoos de limpeza profunda estavam no fim, acabei deixando para comprar algo novo por aqui.

Fui na Lush em busca de uma solução imediata para a coisa já no início da viagem. Expliquei para a vendedora o meu problema e ela indicou o sabonete em barra Jumping Juniper (fui ver o nome dele agora no site pois não tem na embalagem e eu nem lembrava mais).

Eu amava um shampoo em barra de camomila que chamava The Blond (pelo jeito não existe mais) então já estava super acostumada com shampoo em barra e fiquei doida para voltar para o hotel e lavar muito bem meu cabelo com algo que limpasse de verdade.

Sobre o shampoo Jumping Juniper…

“Perfeito para uma limpeza profunda do cabelo. O junípero controla a produção de sebo, deixando o couro cabeludo bem tratado. Contém também lavanda, que acalma, e óleos essenciais antibacterianos de alecrim para a limpeza e maciez do couro cabeludo. Os óleos de limão e limão siciliano dão brilho e fecham as cutículas capilares, permitindo que os cabelos tenham mais luminosidade.”

O Jumping Juniper realmente limpa muuuuito e eu e o marido amamos. Espero que quando voltamos ao Brasil ele funcione da mesma forma (sabem que a água do local influencia muito no cabelo e consequentemente no efeito do shampoo).

Agora com os cabelos curtos nem estou usando condicionador, mas quem tiver só a raiz oleosa, pode usá-lo em conjunto com um bom condicionador nas pontas pois ele dá uma secada geral.

lush_shampoo_como_usar

Para quem me perguntou no insta se ele faz espuma e como usar, pedi p marido uma foto sensualizando no chuveiro do shampoo em ação para verem o quanto de espuma ela faz. Nós dois estamos utilizando a barra todos os dias há quase um mês e ela está assim, como na foto. Imagino que só tenha gastado uns 10% da barra. Dizem que uma barrinha é equivalente a quase meio litro de um shampoo liquido.

Eu aplico a barra na cabeça, já molhada, toda, como se estivesse lavando o corpo com sabonete. Depois é só massagear bem que ele faz uma super espuma. Funciona super, rende bem e é mega pratico para levar nas viagens. Uma mini latinha e nenhum perigo de vazar.

Já sobre o perfume, eu não sinto nenhum. Acho que se ele deixa alguma coisa é algo tão leve que nem sei dizer.

Para guardar o shampoo a marca vende umas latinhas de vários tamanhos. Aliás foi só isso que eu achei mega caro no Brasil. Aqui no Panamá eu paguei menos de 2 dólares, nos EUA sai 4 dólares e no Brasil 19 reais. Mas pelo menos os produtos mesmo estão com um preço bacana no Brasil se pensarmos no dólar absurdo.

lush_sabonetes

Agora já que eu estava na loja comprando o shampoo, aproveitei para comprar o produto que eu mais amava na época, o sabonete em barra Rock Star. Com certeza o sabonete mais doce que eu já usei na vida e juro que dá vontade de comê-lo a cada banho.

Havia uma promo com conjuntinho do Rock Star (rosa lindo) com o The Godmother, outro docinho da marca. Comprei os dois e foi muito amor.

Eu sempre divido as barras antes de usar e deixo só um pedaço no banheiro por vez. Devem tomar cuidado para não deixar a barra imersa em água, pois não há sabonete que resista. Além do que são sabonetes caros, então tem que cuidar direitinho.

lush_godmother

O Rock Star é feito com extrato de baunilha de verdade e tem cheiro de bala, já o The Godmother tem um cheirinho também bem docinho que me lembra frutas vermelhas com açúcar, mesmo não tendo nenhuma na fórmula

Os dois são deliciosos e exalam um cheiro absurdo mesmo fora de uso. O armário que guardei os sabonetes dentro do envelope de papel está um perfume só.

Uma leitora que trabalha na Lush São Paulo disse que a loja tem tratamentos de spa e fiquei bem curiosa para conhecer. Alguém de SP já foi ?

Onde ? Comprei na Lush do Panamá mas tem no Brasi online e na loja conceito nos Jardins em São Paulo.
Quanto ? A barra de shampoo saiu 13 dólares (Brasil 42 reais) e os sabonetes saem 9 dólares 100g (Brasil 25,70 reais) o kit. Já a latinha saiu menos de 2 dólares.


You Might Also Like...

  • Leila Amorim
    outubro 20, 2014 at 2:56 pm

    Não conhecia a Lush, fiquei super interessada. Mas entrei na loja online e o shampoo jumping está R$ 42,00, 55gr…

    bjos!

    • Cinthia Ferreira
      outubro 20, 2014 at 3:41 pm

      Mas então…é isso mesmo que eu escrevi ;)
      “A barra de shampoo saiu 13 dólares (Brasil 42 reais)”

  • Bruna Rodrigues
    outubro 20, 2014 at 4:40 pm

    Nossa Cinthia que legal!
    Acho que as vezes agente tem meio que receio das coisas diferentes como um shampoo em barra, eu como tenho cabelos loiros acabo sempre ficando com as mesmas opções de shampoo, condicionador, máscaras e etc, aliás peguei uma dica aqui da Redken, amei e hoje é indispensável no meu “box” hahaha.

    Infelizmente aqui no Brasil é assim, por isso acabamos comprando mais coisas fora, eles não nos dão outra alternativa, é uma pena!
    Tenho uma prima que está nos EUA e vou pedir pra ela trazer um desse para eu provar!

    Um grande beijo!

  • Dani
    outubro 20, 2014 at 10:46 pm

    Já vi alguma blogueira recomendando este shampoo para levar para a academia. Realmente deve ser muito prático, quando viajar vou tentar comprar um.

    • Cinthia Ferreira
      outubro 21, 2014 at 1:23 pm

      Hummm boa ;) pra academia deve ser ótimo mesmo. Mas experimente sim, eles são ótimos.
      Bjs

  • Bianca Duarte
    outubro 21, 2014 at 2:37 pm

    Logo que cheguei na Inglaterra comprei um shampoo e um condicionador em barra, porque viajava muito de low cost e queria “burlar” aquela regra chata dos produtos de até 100 ml na mala de mão. Confesso que achei o shampoo ok, mas odiei muuuito o condicionador. A combinação dos dois deixou meu cabelo muito seco, e o condicionador não fez absolutamente nada e só deixava meu cabelo mais embaraçado.
    Talvez tenha sido a combinação da água, clima e cabelo colorido, porque quando voltei recentemente pra Belém meu cabelo ficou bastante oleoso…talvez tivesse me dado melhor com ele aqui. Fui procurar minha barrinha mas tenho quase certeza de que ela ficou perdida pra trás no meio da mudança :/
    Eu não consigo passar muito tempo na lush por conta do cheiro, e não sou de comprar sabonetes cheirosos em barra e etc pois sou muito alérgica. Mas meu produto preferido de lá sem dúvida é o esfoliante pros lábios, o meu é o de menta e dá vontade de comer tuuuudinho hehehe

    Beijos!