All around me Meus Diários

Meus diários dos anos 90 | O início…

Meus diários dos anos 90

Incrível como em toda pesquisa que faço com vocês leitores sobre o que gostaria de ver mais no blog as 3 coisas que mais aparecem são: Look do Dia, mais tutoriais e um pouco da minha vida. Eu já tentei algumas vezes me programar para fazer isso mas no final não rola e eu acabo achando que não levo muito jeito para a coisa.

Mas prometi a mim mesma o ano passado que faria um pouquinho do que vocês sempre pedem, mesmo que em doses homeopáticas. Fui visitar minha mãe semana passada e resolvi resgatar todas as minhas agendas/diários dos anos 90 para criar uma tag nova aqui para o blog.

O foco é falar de forma light e despretensiosa, sobre um pouco da minha vida de antes…muuuuito antes do blog existir. Tentar contar algumas coisas engraçadas e outras nem tanto que aconteceram até os meus 19 anos.

Sei que tenho leitoras que tem filhas da minha idade, muitas com minha idade ou 5 anos menos que eu e mesmo em menor quantidade, tenho leitoras que tem exatamente a faixa etária que eu tinha quando escrevi estes diários. Espero que gostem das histórias, que recordem e que se divirtam da mesma forma que eu me divirto quando leio um pouco do que vivi.

Semana que vem já começo o primeiro post da série “Meus diários dos anos 90” !

agendas diários

Agora só para introduzir e bater um papo com vocês, vou falar um pouco de como eram os diários na “minha época”.

Com 11 anos troquei meus primeiro diarinho com cadeado e Hello Kitty na capa por uma agenda. Afinal eu já estava entrando na adolescência e só palavras não poderiam expressar tudo o que eu queria viver.

A agenda era o nosso “Blog”. A capa tinha que ter um ótimo layout, e os posts internos e as páginas, tinha que ser decoradas e mostrar a nossa personalidade. Minhas preferidas dos 12 aos 16 eram as da Pakalolo, e por ser de família de classe média, era uma dureza juntar mesada para comprar as tais agendas de “marca” todo final de ano.

Quanto mais “gorda” era a nossa agenda, mais nossa vida social bombava (vai sonhando).  Dentro delas habitavam coisas estranhas como papel de bala que aquele gato da escola nos deu, o ingresso do Playcenter, o convite para o baile de 15 anos da meninas mais popular do colégio (não….eu não fui convidada), a mecha de cabelo da melhor amiga, as imagens recortadas das revistas Capricho, a folha da árvore que ficava na frente da rua daquele lindo, ou qualquer tralha que pudesse ser amassada e colada nas folhas daquela que de agenda, só tinha o nome.

Se a garota tinha pais curiosos ou um irmão bisbilhoteiro, a agenda dela tinha códigos. Corações, estrelinhas, pontinhos, quadrados, todos os símbolos possíveis para representar cada uma das letras do alfabeto. Sabíamos escrever o nome do Dado, do Caio, da Ana tudo de cabeça….mas quando tínhamos que escrever o nome do Wesley ahhhh, aí tínhamos que recorrer ao papelzinho escondido na gaveta e lembrar qual era o triangulo invertido com 3 bolinhas que representaria a letra W ou o Y.

No diário contávamos tudo de bom e de ruim que acontecia em nossas vidas, reclamávamos da escola, anotávamos sobre como nossos pais tinhas sido injustos por não terem nos dado aquele Nike com amortecedor, contávamos que fomos ao shopping e que comemos no MC (tipo um Facebook, só que de papel rs). Era lá que tudo de “importante” era registrado, desde nosso primeiro beijo ( Acham que seria uma boa história para começar ???) até aquela anotação de cantinho dizendo que tínhamos crescido 5 cm no último ano.

A agenda morava nas nossas casas ou nas mochilas da mais corajosas. Perder uma agenda na época acho que tinha o mesmo efeito de ter suas fotos roubadas do notebook. Claro que na adolescência é tudo mais trágico, então você já imaginava sua vida acabando. Se o ano foi uma droga ou a garota tomou um chifre do namorado a agenda poderia parar na fogueira, mas no meu caso não, eu guardei todas elas escondidinhas, com chifre, ou sem chifre.  E por mais que eu tenha vontade de entrar em uma máquina do tempo e voltar para me dar um tapinhas na cara, é engraçado lembrar de fatos que eu jamais repetiria e outros que eu daria tudo para viver um pouquinho daquele tempo novamente.

Espero que gostem desta nova Tag e que possamos trocar muitas ideias sobre estas histórias.

E vocês ? Tiveram suas agendas ou diários ? Como elas eram ?

You Might Also Like...

  • Carol
    fevereiro 7, 2013 at 5:05 pm

    Oi Ci,

    Adorei a tag!
    Eu tenho quase 29 anos e desde os 12 “faço” agendas. Depois de adulta elas foram ficando menos decoradas e cheias, e mesmo ficando com muitas folhas em branco, ainda adoro comprar “A agenda” para o ano. Registro acontecimentos importantes (ou não) que me marcam ao longo do ano, e claro, guardo alguns convites e ingressos especias… ^^

    Estou aguardando os próximos posts!

    Bjocas

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 7, 2013 at 8:45 pm

      Eu acabei parando de fazer diário mesmo aos 19. Depois foram só agendas de trabalho ;)
      Agora só uma pequenas anotações pessoais no meio de tanta bagunça de trabalho rs. Mas dá saudades ;)
      Bjs

  • PATRICIA AMORIM
    fevereiro 7, 2013 at 5:06 pm

    KKKKKKKKKKKKKKKKK, simplesmente fantástico!

    Me lembro de tudo isso!
    Nunca consegui manter meus diários por muito tempo, pois tenho dois irmãos mais velhos do que eu que sempre quebravam o cadeado ou achavam a folhinha de código….rss

    Bons tempos =D

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 7, 2013 at 8:46 pm

      Poutz….ai é fogo…ahahha Várias amigas minhas tinham este mesmo problema. Se não eram irmãos eram primos kkk
      Bjs e fico feliz que tenha curtido.

  • Patricia Delegredo
    fevereiro 7, 2013 at 5:11 pm

    ai ai…como era divertido…várias histórias lindas…gostávamos até do mesmo eo pior que vc nem conhecia ….

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 7, 2013 at 8:46 pm

      Se viu Paty ;) Certeza que será citada em vários posts eheheh

  • Luciana Vilela
    fevereiro 7, 2013 at 5:12 pm

    OI Ci,

    me vi nesse post! Minhas agendas não fechavam, e eram verdadeiros compêndios e dossiês sobre a minha vida!!!kkkk Guardo até hoje, claro! Minhas filhas darão boas gargalhadas…

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 7, 2013 at 8:47 pm

      hahahahh exatamente :) E tenho certeza que será uma diversão total para elas.
      Bjs

  • gabis
    fevereiro 7, 2013 at 5:22 pm

    Acho muito divertido descobrir com a internet que coisas que eu pensava que só eu fazia na verdade todo mundo fazia também e que no fim das contas eu não sou a única no mundo hahaha. O que você descreveu no post era EXATAMENTE o que eu fazia na adolescência… as agendas de”marca” (minhas favoritas eram Cantão e Redley), as”decorações” nas paginas com os recortes da revista Capricho, o conteúdo que ia desde o mais banal até os “problemas amorosos”, os códigos, todas as coisas que iam dentro da agenda (papel de bala, ingresso de cinema, recadinho, foto, figurinha) hahaha nossa, flashback total agora xD Assim como você eu também guardo minhas agendas embora algumas vezes já pensei em joga-las foras hehehe… Foi uma época divertida e acho uma pena que as adolescentes não vivam mais esse tipo de coisa já que hoje em dia é tudo através de computadores e gadgets, que podem até ter o mesmo proposito, mas definitivamente estão longe de serem tão legais quanto comprar uma agenda nova no começo do ano e termina-lo com ela gordona hahaha

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 7, 2013 at 8:49 pm

      Se viu rsrs Éramos todas loucas juntas..rs. Era muito divertido e saudável. Acho que eu era bem menos doida quando colocava os problemas nas páginas de um diários do que agora que nem temos tempo para isso.
      Fico muito feliz que tenha se identificado :)
      Bjsss

  • Babi Lopes
    fevereiro 7, 2013 at 7:36 pm

    AMEI DEMAIS DA CONTA! E os cadernos de perguntas? ioauehaoieuha

    Na minha agenda tinha compartimento secreto e tudo mais! Que tempo bom…

    Isso me lembra muito uma série da TV inglesa, chamada My Mad Fat Diary. Hilária!

    Posta logo que vamos acompanhar tudo!

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 7, 2013 at 8:50 pm

      Enquete…..nossa era tudo. Eu amava estes cadernos e morro de saudades. E tô besta por não ter conhecido esta série..ahaah vou pesquisar agora
      Bjs e vou postar sim ;)

  • Dri Zakzuk
    fevereiro 7, 2013 at 8:11 pm

    Que saudade… lembro até hoje da primeira vez que tive minha agenda roubada por um carinha do colégio. Nem fiquei preocupada, porque estava tudo em código mesmo. Só que, logo depois do recreio, ele me entregou ela de volta… decifrada! Quase morri! rs
    Na época, minhas agendas preferidas eram da TKTS e da Costume (lembra do cachorrinho e do ursinho mascotes das lojas?!).
    Até hoje gosto de comprar a agenda do ano seguinte, muito embora hoje eu não tenha nem tempo de escrever nela (como você disse, o blog hoje é minha agenda!)…
    Onde você estudou, Ci?! A gente deve ter frequentado até as mesmas baladas e só foi de conhecer depois dos blogs! =)
    Bjs!

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 7, 2013 at 8:51 pm

      Poutzzzz ainda bem que ele não aprontou nada hahahaha. Eu agora só uso Moleskine por serem mais práticas mas morro de saudades. Pelo menos a minha deste ano é do Pequeno Principe ;)
      Sobre a escola, vou te mandar dm hahahah pa depois que eu começar contar as coisas aqui não será muito bom ser tão reconhecida hahahhhhaha
      Bjsss

  • Dri Zakzuk
    fevereiro 7, 2013 at 8:58 pm

    hahahahahah
    Eu usei uma agenda Moleskini mini ano passado, pink, linda. Mas este ano queria algo mais decorado! rs Eu vi a do Pequeno Príncipe e achei linda, mas queria algo mais Snoopy acho… hahahah

    Certíssimo! DM é tudo! =)

    Bjs!

  • Patrícia Cabral
    fevereiro 7, 2013 at 9:41 pm

    Ai Cinthia éramos tão felizes e não sabíamos, ô tempo bom esse, eu tmb tinha agendas cheia de tranqueiras, papel de bala, entrada de cinema e por aí vai… Mas é uma pena as minhas se perderam em mudanças, uma pena pois seria muito bom reler um pouquinho de tudo aquilo.
    Adorei o post e vou estar por aqui esperando os seguintes!

    Grande beijo!
    Patty

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 11:51 am

      POde deixar que vcs ainda irão rir muito com as minhas confusões rsrs
      Bjs

  • Liliane Machado
    fevereiro 7, 2013 at 11:22 pm

    É, todas nós tínhamos, agendas das adolescentes dos anos 90. Todas desta forma…. Enchi aos 17….
    Ah, ainda pedíamos para as amigas escreverem algo no dia do aniversário e as mais chegadas tinham que escrever algumas páginas para mostrar que a amizade era forte mesmo hahahahah

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 11:52 am

      Simmm, eu colava fotos delas nas datas de niver…muito demais kkk

  • CYNTHIA
    fevereiro 7, 2013 at 11:35 pm

    ACHEI SEU POST O MAXIMO, TENHO UMA FILHA ADOLECENTE(13 ANOS) QUE NÃO VÊ NENHUM SENTIDO NAS AGENDAS QUE FAZÍAMOS NA IDADE DELA…MAL SABE ELA COMO FOI MARAVILHOSOS GUARDAR CADA RECADINHO TROCADO EM SALA DE AULA, ESCREVER EM CODIGOS PARA NINGUEM SABER, CORRER DEPOS DAQUELA FESTA PARA COMPARTILHAR COM A AGENDA OS MÍNIMOS DETALHES VIVIDOS!!!! MINHAS AGENDAS ERAM GORDÍSSIMAS SE ABRIAM SOZINHAS DE TANTO RECORTE E COLAGEM.

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 11:53 am

      PPois é….a adolesc6encia hoje em dia é bem diferente…se acabar a força ninguém sabe o que fazer mais rs.
      E eu tirava as tralhas no final de cada ano para poder guarda-las ;)

  • Larissa Macedo
    fevereiro 8, 2013 at 1:14 am

    Fiz agenda durante uns 5 anos, acho que da 6ª série até o 2º ano (agora tenho 28), e sou do norte (moro em Rondônia), mas é impressionante como é tudo igual!!! Os códigos, os papéis de bala, canhotos de cinema.
    Além das agendas deixávamos recados pras amigas nas contra-capas dos cadernos e nos estojos que eram todos assinados.
    E os cadernos de perguntas?? Aqueles em que cada página tinha uma pergunta e ele ia passando pela turma toda pra responder! Era muito engraçado…
    Durante um ano na minha agenda eu coloquei uma letra de música em cada dia, e nos aniversários das amigas elas escreveram músicas que gostaram.
    Enfim, nostalgia boa!!

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 11:54 am

      Igual mesmo né ahahha to achando o máximo ler o relato de vcs.
      E o caderno de enquete era incrível. Eu amava ler o que os amigos respondiam. E sobre as letras de músicas eu tinha mais mania de gravar fitas k7 do rádio e fazer bailinhos de garagem ahahah
      Bjs

  • Flavinha
    fevereiro 8, 2013 at 7:16 am

    Eu tenho 33 anos e tive essas agendas. Ficava indignada que os espaços de sábado e domingo eram menores e não dava pra escrever tudo… Esses tempos atras joguei elas fora pq não tinha mais espaço pra guardar. Elas eram gigantescas de tanta tralha que eu colocava la.
    Adorava nas ferias que ia pra praia com minha amiga e ai a gente ficava de madrugada escrevendo na agenda pra anotar tuuudo o que tinha acontecido no dia hahaha

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 11:55 am

      Pois éeee…era um espaço minúsculo e eu tinha que colar papelzinho de “continuação” ahahah E eu reduzi o tamanho do texto quando comecei a namorar. Ai as aventuras reduziram rsrs
      Bjs

  • Manu
    fevereiro 8, 2013 at 7:50 am

    Ahhh que bacana este post, adorei
    foi como ver um filme de muitos momentos vividos,tive várias agendas,mas somente uma q colava td e mais um pouco e escrevia diariamente! Tempos bons,da mta saudade
    Beijoca

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 11:56 am

      Muito bom voltar um pouquinho né ? Adoro demais.
      Bjs

  • Andreza A A
    fevereiro 8, 2013 at 8:26 am

    Ah, que saudades enormes me deu dessa época tão boa!
    Eu comecei a fazer agenda com 11 anos, recortando letras de músicas do Guns. Fiz várias até os 17 ou 18, quando entrei na faculdade.
    Até hoje lembro dos códigos e do susto que levei qdo um amigo decifrou as siglas de vogais e soube de quem eu gostava! hahaha
    Me desfiz de todas, só guardo uma de 2008, ano em que me casei, porque gosto de ler sobre os compromissos que tinha para preparar o big day.

    Amei a tema, Ci. Viagem no tempo deliciosa.

    Bjs

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 11:57 am

      Fez o mesmo tanto que eu. Depois vem facul, trabalho e nada mais é o mesmo.
      E poutz…sempre tinham uns meninos experts em desvendar códigos…ai que raiva ahahahah
      E guardar a do casamento é com certeza uma ótima lembrança.
      Bjs

  • Gabriela
    fevereiro 8, 2013 at 10:07 am

    Olha que eu tenho 23 mas fazer agenda também fez parte da minha vida… Era muito legal… Não tenho elas guardadas, mas também sinto saudade das bobeiras da adolescencia…
    Qualquer coisinha era uma catastrofe… rsrs
    Muito legal o post, adorei! =)
    Beijos

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 11:58 am

      Que bom saber que temos 10 anos de diferença e as coisas ainda eram iguais :) Pena que hoje em dia as meninas não tenham mais este costume.
      E catástrofe…nossa…tudo era motivo de drama ahahah
      Bjs

  • Diana
    fevereiro 8, 2013 at 10:27 am

    Eu tb tinha muitas agendas, me desfiz de algumas pois já tenho 31 e era muita coisa guardada, mais de 15, umas poucas ainda estão comigo, acho que as mais recentes… elas eram enormes, gordas de tanta tralha!!!Adorava gastar meu tempo enfeitando, escrevendo, sonhando…..
    Até hj uso agendas mas não da mesma forma que antes! =D
    Percorria as papelarias pra escolher a mais bonita!! Tb usava códigos, recortava a capricho, a querida, a atrevida, a todateen… hahaa…. a primeira assinatura de revista que tive foi da capricho =D … Mto legal mesmo lembrar disso tudo! =D bjs!

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 11:59 am

      Pois é…escolher a mais bonita era uma coisa. E revista eu comecei assinando carícia…lembra desta ? Eu tinha 9 anos na minha promeira assinatura. Quando assinei a capricho eu já era “velha” tinha 11 ahahhaah
      Muito bom rir disso tudo ;)

      • Flavinha
        fevereiro 8, 2013 at 12:28 pm

        Com 11 anos eu ganhei da minha tia uma assinatura da capricho!!

        • Cinthia Ferreira
          fevereiro 9, 2013 at 4:35 pm

          Nossa..que saudades. Eu assinei a minha até os 18 anos rsrs

  • cristina brunetti
    fevereiro 8, 2013 at 10:28 am

    oi cinthi. Nosssa como me identifiquei com esse post. Tenho quase 32 anos e na adolescencia tinha agendas lotadas de tralhas assim como a sua. Eu lembro que um dia ganhei uma da pakalolo igual a que roxinha que esta na foto e fiquei super feliz pq não tinha $ para compra-la.
    Nunca tinha pensado que a agenda era um tipo de blog em papel, mas é a total verdade. Sera que é por isso que tenho blog?
    Adorei o post pq me fez lembrar de uma parte legal do passado. A parte dos codigos era crucial nas nossas vidas. Kkkkk
    Um grande bj.

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 12:01 pm

      Então temos um anos de diferença ;) E pakalolo…fala sério…eita loja cara hahahaha. E acho que todas as meninas que tem blogs hoje em dia já tiveram diário ou agenda em alguma fase. Quem gosta de escrever começa desde cedo.
      BJs e fico feliz que tenha gostado.

  • Fernanda
    fevereiro 8, 2013 at 10:50 am

    Acho que devemos ter a mesma idade….rsrsrsrs…nossa! Vc disse coisas pelas quais passei também, mas que não me lembrava mais! Os Símbolos para escrever por exemplo….dei muita risada! E tive essa mesma agenda da Pakalolo roxa da foto! Muito legal!
    Bjo

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 12:02 pm

      Eu tenho 32 Fernanda ;) E estes símbolos eram uma praga. Todo ano tinha que mudar pq sempre tinham alguém que descobria algo ahahah
      Em breve contarei minhas atrapalhadas kkk
      Bjs

      • Fernanda
        fevereiro 21, 2013 at 4:02 pm

        Cinthia,
        Tenho 31 quase 32 (meu aniversário é em maio)…quando li seu post sabia que tínhamos a mesma idade! Rsrsrs….bjo

        • Cinthia Ferreira
          fevereiro 21, 2013 at 4:35 pm

          Tudo igual né rsrs.Eu farei 33 em março agora…um aninho a mais ;)
          bjs

  • Ana Cláudia
    fevereiro 8, 2013 at 11:21 am

    Incrível como as agendas eram todas muito parecidas! Minha irmã fazia igualzinho as suas :)
    Muito papel de chocolate, códigos, fotos, pêlo do cachorro de estimação, crises existenciais,kkkkkkkkkkkkkk… Eu adorava ler as agendas dela :)
    Muito bom ter lido esse post, me levou de volta aos anos 90!

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 12:03 pm

      Que bom que gostou. Eu mesma estou amando ler tudo e ver que em várias partes do país a coisa era tudo igual…só mudava a capa hahah
      Bjs

  • Rosemeire Paschoal de Araujo
    fevereiro 8, 2013 at 12:01 pm

    Sabe Cinthia, que eu até pouco tempo tinha até caderno de poesia era muito legal ter esses diários para poder desabafar mesmo sabendo que ninguém estava escutando, mas só o fato de escrever já era muito satisfatório e cada dia uma coisa nova, muito mas muito gratificante pois era um segredo que eu não falava com ninguém, mas é bom saber que muitas gerações fazem as mesmas coisas as vezes com nomes diferente, valeu adoreiiiiiiii, beijos.

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 8, 2013 at 12:05 pm

      Sério Rose, que demais :)
      E estes dias estava comentando isso mesmo. Quando escreviamos mais jogávamos os problemas fora e guardávamos menos na cabeça. Agora fica tudo guardando e virando um bolo de coisas para pensar rs.
      Que bom que gostou ;) Ainda vai rir das minhas histórias ahaha
      bjs

  • Luciana Barbosa
    fevereiro 8, 2013 at 12:19 pm

    Cinthia, adorei ler este post.
    Foi como fazer uma viagem no tempo.
    Hoje em dia escrevo em minha agenda o que aconteceu de importante e relevante naquele dia específico. Antes a agenda funcionava mesmo como um diário (rsrsrs).
    Adoro escrever e às vezes me vejo “desabafando” em minha agenda até hoje.
    Sempre foi muito bom e continua sendo escrever relatando fatos, alegrias, decepções.
    Bjos e obrigada por me proporcionar esse flashback

  • Thárin
    fevereiro 8, 2013 at 1:32 pm

    Nossa, fui lendo esse post e ia parecendo que a história tinha sido escrita sobre mim, meus diários e agendas!! exatamente igual e ainda tenho a maioria guardados, só não gosto de ler pq fico me achando meio lesa…..
    Brigada por lembrar!

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 9, 2013 at 4:36 pm

      hahahah eu me acho muito besta também..mas é muito engraçado ver como mudamos ;)
      bjs

  • Kárin
    fevereiro 8, 2013 at 3:27 pm

    Adorei a ideia porque até hoje tenho guardadas minhas agendas dos anos 90, e esse assunto me deixa bastante nostálgica.

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 9, 2013 at 4:36 pm

      Que bom Kárin :)
      Eu adoro ficar vendo coisas daquela época.
      Bjs

  • Mariana
    fevereiro 8, 2013 at 9:15 pm

    que me perdoem as adolescentes que não fazem isso hoje em dia, mas eu tenho 18 anos e tenho pelo menos umas 6 agendas guardadas! fiz dos meus 11 aos 16 anos +- (e guardava elas dentro da gaveta de meias pros meus pais não encontrarem!), mas acabei enchendo o saco… nelas tem de tudo, do bilhetinho que as amigas mandavam na escola até o ingresso do cinema que eu fui pela primeira vez com meu primeiro namorado e até mesmo a fitinha que vinha presa no buquê do casamento da prima e que eu por um acaso peguei! poesias, textos em códigos, e como é bom lembrar de tudo isso! de vez em quando eu pego elas pra ler e que saudades!

  • Nicole
    fevereiro 9, 2013 at 12:05 pm

    Meu Deus, eu tinha essa da Pakalolo <3

  • Alina
    fevereiro 9, 2013 at 12:58 pm

    Ainn, adorei a TAg!! Até deu vontade de tirar as minhas de cima da estante, onde estão escondidinhas até hoje… ainda guardo as que ficaram mais bem conservadas depois de tantas mudanças… adoro vê-las de vez em quando ^^. Saudade boa.

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 9, 2013 at 4:38 pm

      heheh que legal ;)
      Bom que quando eu tiver contando minhas histórias vcs também podem contar nos coments. Certeza que será muito divertido ler a história de cada uma.
      Bjs

  • Lola
    fevereiro 11, 2013 at 10:48 pm

    Adorei a nova tag! Sempre venho aqui, mas nunca comentei…
    Tenho 22 anos e me identifiquei muito também! Minhas agendas eram cheias, mas a moda na nossa turma eram os cadernos de poemas, daqueles bem bobos “Te amo, te amo, te amo, mas você não me dá bola, então vou me afogar num copinho de coca-cola” kkkkkk… Ainda tenho uns 2 lotados.
    Fora os cadernos de perguntas que rodavam a turma.

  • Guida
    fevereiro 12, 2013 at 11:37 pm

    Lembro até que havia um episódio das Confissões de Adolescente sobre o assunto! Não sou desse tempo, mas adoro os relatos :D

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 15, 2013 at 10:19 am

      Nossa, como eu amava este livro e a série de TV :)
      Bjs

  • Marília
    fevereiro 17, 2013 at 1:11 pm

    Minhas agendas preferidas eram da bruxinha Pascoalina e eu tinha que abreviar muuito as palavras, porque os espacinhos para os dias eram muito pequenos pra todos detalhes que eu TINHA que incluir. E eu escrevia usando códigos também, sabia todos de cor! hahaha
    Tô tentando lembrar se eu levava pra escola ou deixava em casa. Que loucura levar pra escola e deixar dentro da sala no recreio, nunca tinha parado pra pensar que qualquer pessoa pode ter lido! =O

  • Vanessíssima
    fevereiro 21, 2013 at 5:25 pm

    Ai, que saudade das minhas agendas. Foi tudo pro lixo. Anos e anos juntando história e tralha dentro delas. rs Nossa, minha mãe reclamava sem parar comigo “do tanto de lixo que se guarda nessas coisas que nem fecham mais, diferente dos diários de verdade, limpinhos e bonitos”. As da Pakalolo eram as melhores. Eu lembro de ficar passeando no shopping e entrando nas lojas mais descoladas mendigando adesivos pra colocar na agenda. Vergonha alheia de mim, viu? rs Mas foi eu mostrar minha agenda Pakalolo na loja da marca que ganhei não só um adesivo, mas uma caneta bacanérrima. hahahaha

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 22, 2013 at 11:45 am

      Nooosssa….eu tb era caçadora de adesivos rsrs. E nossa….acho que o pessoal da Pakalolo devia pirar nas montagens das meninas mesmo. Que demais !

  • Aline Vilela
    abril 17, 2013 at 11:50 am

    Ahhhh o mundo das agendas!! E como tinha que ser tudo decorado/colado/adesivado, tinha dias que não dava tempo de fazer certinho (que?! passar a tarde na casa da amiga dps do colégio, no bate-papo da uol era fundamental!), fazia só um “esboço” com acontecimentos chave pra lembrar td dps! Lembro que no final do ano, minhas agendas já estavam tão gordas que só segurando com elástico! Ahhh que sdd bowa!! :´)

  • Kate Schimitz
    abril 25, 2013 at 5:46 pm

    Me identifiquei com T-O-D-A-S essas lembranças! Que saudade desse tempo! Nossa única preocupação era passar de ano na escola, e a minha principal, claro, era cuidar das minhas fitas K7. hahahaha

  • Priscilaa
    junho 13, 2013 at 12:51 pm

    Oi,tenho 30 anos e tbm vivi isso,primeiro ganhei um diario perfumadinho,em formato de coracao com ccadeado,isso foi em 1995 qndo eu tinha 12 anos,no ano seguinte ganhei a primeira agenda,e nossa viajei no tempo agora,olha faz so um dois q parei de escrever em agenda,reparei que mtas paginad estavam ficando vazias,amei voltar no tempo,e quem pelo menos tiver ate 35 anos com certeza colecionou papel de carta,eu enchi tres pastas daquelas com plstico pra colocar papel,mas nessa epoca eu era mais noba,tinha 9 anos

    • Cinthia Ferreira
      junho 14, 2013 at 12:59 pm

      Nossa….eu amaaaava colecionar papel de carta. ahahha Até trocávamos na escola, era uma febre ;)

  • Tais Guzzon
    agosto 27, 2013 at 1:40 am

    As minhas agendas tambem explodiam, colocava de tudo dentro. Tenho elas até hoje guardadinhas, mas tenho vergonha de pegar e ler o que tem escrito nelas, era tão bobinha na época hahahaha, por isso ficarão muito bem guardadas pra mim recordar da época mesmo.
    E não podia faltar na minha agenda um incenso, que era para deixar a agenda cheirosa, e por fim meu irmão sempre achava a agenda no meu quarto pelo cheiro, isso não era nada legal!!

  • Adriana
    outubro 21, 2013 at 3:26 am

    Tenho as minhas até hoje,todas muito bem guardadas,tbm colei coisas absurdas,acreditem até areia de praia tem em formato de coração.Tempo bom que só volta cada vez que releio…e morrrro de saudades.

  • Fernanda Scafi
    dezembro 10, 2013 at 12:49 pm

    Adorei ler esse post e lembrar das minhas agendas (que achei recentemente – nem lembrava que tinha guardado tudo!)!!! Essa história de perder a agenda virou até um episódio no “Confissões de Adolescente”, que uma das meninas esquece no ônibus e quase entra em depressão por isso hahahahaha.

    • Cinthia Ferreira
      dezembro 11, 2013 at 9:49 am

      Nossa, eu lembro deste episódio rs. Eu amava demais aquele seriado ;)

  • Ana Cecilia
    dezembro 11, 2013 at 7:53 am

    Na epoca nao dava mesmo pra ter as mais caras ne? Mas eu amava a Pakalolo, so consegui ter duas. rssss
    Entao, devido a ser cara na epoca, eu usava miseros caderninhos de capa mole mesmo… rssss

    Mas tudo era incrementado, embalagens de bala, adesivos, tudo que eu pudesse expressar… kkk

    Mas eu tinha uma mania nessa epoca, era ficar anotando a placa e modelo dos carros de meninos que eu tava a fim.
    Voces tambem faziam isso?
    Dai quando eu via o carro, sabia que a pessoa estava por perto e perdia ate o rumo hahahahahaha

  • Camilla Cellin
    fevereiro 14, 2014 at 3:32 pm

    Uma lágrima caiu do meu rosto agora… rsrsrs… Meu Deus, que saudades dessa época!!!
    As agendas da Pakalolo e da SidePlay… Os papelzinhos de Freegels (aqueles do pinguim, com mensagens românticas), as fotos dos “gatos” da Atrevida, os testes da Capricho, as reclamações dos pais e dos professores, os códigos (que eu guardava no fundo da própria agenda, vê se tem lógica… rsrs)… Me reunir com minhas amigas na escada do prédio pra ficar escrevendo… Aqueles vários adesivos e canetas coloridas… Ahhhhhh, quero tudo de volta!!!! rsrs

    • Cinthia Ferreira
      fevereiro 14, 2014 at 7:23 pm

      ahhhaahah disse tudo ;) Tinha até esquecido das balas ahhahah

  • Anos 90: pequenos prazeres que as novas gerações jamais terão | Borboletando
    junho 6, 2015 at 3:31 pm

    […] Cih Ferreira fez um post sobre isso outro dia, compartilhando suas agendas e quase morri de tanto amor […]