Moda

Moda e Estilo | Você sabia que a cor certa é capaz de rejuvenescer qualquer mulher ?

Mais um post da tag #ModaNoMake sobre Moda e Estilo. Como prometido, hoje, nossa dupla dinâmica da moda falará sobre cores, cartela de cores enquanto eu contarei sobre a minha experiência pessoal.

cartela_cores_capaCor é emoção pura. Isso mesmo! A escolha das cores diz muito sobre seu estado de espírito e personalidade. Isso todas já devem ter ouvido falar!

O que talvez muitas mulheres ainda não saibam é que há cores que rejuvenescem, suavizam a textura da pele, valorizam os traços e equilibram as formas do rosto. Outras simplesmente sabotam a aparência, evidenciando manchas, rugas e olheiras, e até distorcendo as proporções.
Então… quais são as cores milagrosas e as que devo abandonar “forever”?
cartela_cores_processo
É aí que entra a Análise de Cores, um método bacanérrimo que identifica quais são as melhores cores e tonalidades para cada pessoa.
Esqueça a ideia de comprar aquela blusa que você amou na sua amiga! As cores reagem de forma bem diferente em cada rosto. A coloração pessoal (tom de pele, cabelos e olhos) é observada no momento dessa análise e vai determinar sua cartela individual que será utilizada para compras de roupas, acessórios e até maquiagem! Um trunfo e tanto para evidenciar seus melhores atributos!
Todas nós podemos usar qualquer cor, desde que respeitadas a temperatura (quente ou fria), intensidade (viva ou opaca) e profundidade (clara ou escura) de cada uma. É um estudo minucioso que exige muita observação!
Sobre os tons de pele :
“A cor da pele se dá primeiramente devido à presença do pigmento melanina, que está presente tanto nas peles claras quanto nas escuras. No entanto, dois tipos de melanina são produzidos: feomelanina, que varia de um tom amarelado a avermelhado, e a eumelanina, que varia do marrom ao preto.
As pessoas de pele clara produzem mais feomelanina enquanto as de pele escura, mais eumelanina. Cada pele também difere na quantidade e no tamanho das partículas de melanina produzidas.
Na pele clara, a cor também é afetada pela hemoglobina no sangue e numa menor escala pela presença de gordura sob a pele e até pelo caroteno, uma substância de tom alaranjado.”
Fonte: Ilana Berenholc
cartela_cores_inverno_puro
Aplicamos o método na nossa querida Cinthia, e descobrimos que ela fica muito mais bonita com cores frias e vibrantes! Resultado: cartela Inverno Puro. Com esta cartela a Cinthia poderá sair às compras sem medo de errar e comprar peças que a valorizam.
cartela_cores_cinthia
Acima, Cinthia veste uma camisa em um tom de verde presente em sua cartela. Mesmo sendo uma cor que ela nunca tinha pensado em usar, ficou ótimo.
cartela_cores_truque
Já na foto esquerda acima, a Cinthia veste uma blusa que já fazia parte do seu guarda roupa, mas infelizmente não destaca o seu rosto. O truque foi usar um lenço com uma das cores da sua cartela e neutralizar o efeito do nude. Não ficou bem melhor ?
Outro truque bom é abusar da maquiagem. Quando a cor não favorece, as cores da make entram como super aliadas para levantar o visual. Um batom vermelho ficaria ótimo com esta blusa neutra.

P.s. da Cinthia (ou… depoimento)

Nunca fui de postar look do dia por dois motivos: o primeiro, é que bato palmas para a mulherada dos blogs de moda que tem paciência de sair à busca de uma paisagem legal e produzir fotos lindas para postar, mas sorry, eu não tenho muita paciência para isso não… rs. O segundo, é que sou uma pessoa que ama preto e quase sempre opta por peças mais clássicas e neutras (acho que eu não ficaria nada triste com um guarda roupa 100% Black rs). E aí que o look do dia seria repleto de peças básicas, pretas, brancas e nudes e vocês iriam enjoar (eu iria falir o blog, né ?).
Massss, as meninas me convenceram a usar as cores a meu favor.  Eu confesso que, mesmo torcendo o nariz, comecei a gostar e estou me divertindo com a nova busca de peças com cores da minha cartela. Estou me sentindo bem mais criativa, até mesmo no trabalho. Muito louco isso.
Para fazer o teste esta dupla foi até a minha casa e pediram para eu ficar sem maquiagem NENHUMA, sem brinco, com o cabelo preso e vestir uma faixa e um avental horroroso. Sentei na frente do espelho e quase chorei. É horrível. Eu já sou mega branca e com olheiras gigantes. Só deixei a Thais fazer as fotos do teste acima pois sei que posso matar a curiosidade de quem tem vontade de fazer a consultoria.
Elas usaram um monte de tecidos para ver quais cores me favoreciam mais e pronto! Cartela de cores definida!!! Nunca na minha vida achei que fosse gostar de verde, e… estou amando.
Adorei a experiência e fico triste por não ter feito uma consultoria desta antes. É tipo uma base de maquiagem, sabem ? Até ficamos bem com uma parecida, mas quando achamos uma exatamente da cor da nossa pele, tudo fica perfeito.
Eu canso de comprar cores que não me favorecem, de deixá-la empacada no armário, sem entender o porquê a peça tão linda fica tão sem graça quando eu visto. Agora eu entendo e serei uma Cinthia mais colorida e mais criativa, mas continuando com meu estilo.
Prometo que sempre que der tempo, e quando usar um look inspirador e fora do básico, postarei a foto no meu Instagram (siga-me aqui: @makeupatelier). Vamos ser se eu deixo apenas 60% do meu closet neutro. rs.
Quer saber mais? Escreva pra gente com suas dúvidas e sugestões para outros posts!

Para ler todos os posts sobre moda que já foram publicados no MakeUp Atelier é só clicar aqui.

Beijos,

Carol e Thaís – facebook.com/DePecaEmPeca

de_peca_em_peca_assinatura


You Might Also Like...

  • Kênia Aurélia
    março 14, 2014 at 9:22 pm

    Achei bem bacana este post!!!
    Gostaria de passar por essa Análise das Cores!!!
    bjosss

    • Thais Vasconcelos
      março 15, 2014 at 12:23 pm

      Olá Kênia, tudo bem?
      O processo de Análise de Cores é uma das etapas da Consultoria de Imagem, mas é um dos serviços que pode ser feito à parte. De certa forma, ai lhe dar uma ótima ideia sobre todas as cores que te valorizam mais e, além disso também vai conhecer bem sobre as combinações entre elas, pois sempre temos um certo receio de misturar cores achando que não vai dar certo. Fique à vontade para saber mais e entre em contato pelo nosso email direto assim lhe passamos mais informações. Beijos, Thais

  • Lou Salomé
    março 14, 2014 at 9:58 pm

    Oi! Muito bom! Obrigada! Só faltou falar dos outros tipos de cores, primavera, verão, outono; se uma pessoa pode ter mais que uma cartela, tipo ser inverno e verão ao mesmo tempo, e nos falar as cores de cada tipo, pelo menos por alto. Se for pedir demais, pelo menos nos falar as cores do inverno da Cintia, prá quem for do tipo dela poder se espelhar, né?! Muito obrigada mais uma vez. Beijo a todas.

    • Thais Vasconcelos
      março 15, 2014 at 12:41 pm

      Olá Lou! ;-)

      Vamos lá contar sobre a análise de cores ou colorismo! É um método desenvolvido por uma das pioneiras da área Ilana Berenholc (e nossa mestra ;-)) que divide os tons de peles em quentes, frias e neutras. Isso só conseguimos identificar quando utilizamos observando aqueles tecidos que viu na Cinthia (chamamos de Drapes). E por ali, as cores vão sinalizando um rosto mais corado, bochechas e lábios mais rosados. Quando colocamos a cor que não é boa, empalidece o rosto na hora e as olheiras se sobressaem. São ao todo 12 cartelas com os nomes das estações do ano, mas cada mulher tem apenas uma cartela que é composta por todas as cores (como a da imagem) mas o que muda é a intensidade e profundidade da cores.

      Você é única em corpo, pele, cabelo, por isso tem uma cartela só sua.
      Não tem como se espelhar em outra pessoa, mesmo que sejam parecidas, por exemplo cabelo castanho escuro e pele branquinha. Será que consegui te ajudar mais? Entre em contato conosco pelo email que posso te passar mais detalhes e quem sabe queira passar pelo processo ;-).
      Grande beijo e obrigada <3 Thais

  • Bianca Duarte
    março 14, 2014 at 11:26 pm

    Queimou o filme que nada! hehehe

    Vou ser sincera, quando você falou que ia rolar a tag de moda aqui no blog eu torci um pouco o bico…porque todos blogs de beleza que eu acompanhava e que começaram a falar mais de moda viraram um um grande tédio pra mim com looks do dia tomando a maior parte do conteúdo. Gosto de me arrumar mas meu estilo é bem básico, então digamos que acho coisas que são muito da “tendência” ou “fashionistas” de gosto meio duvidoso e que não bate com o meu, hehe (não sei se tu consegues me compreender! rs).
    Mas devo dizer que me surpreendi positivamente, estou adorando a forma que a moda aqui está sendo abordada :) Acho que você tem um ótimo gosto e que é uma das poucas blogueiras que os looks do dia me interessaria ver (e estou plenamente satisfeita só com o instagram, entendo muito a sua falta de paciência pra sair e fotografar heheheh)
    Passei a perceber que precisava de mais cores no meu guarda roupa de um tempinho pra cá, porque antes era tudo preto que nem o seu! Aos poucos estou vendo quais cores caem melhor em mim e as que nem tanto- por exemplo não me dou muito bem com cores muito claras e quentes.
    p.s: adorei o colar que você está usando com a blusa verde!
    Beijos!

    • Thais Vasconcelos
      março 15, 2014 at 12:55 pm

      Olá Bianca, adorei o seu texto! Super sincera e é isso que procuramos!

      Já deve ter percebido que de mega fashionistas não temos nada! Procuramos dia a dia conhecer peças, informações, produtos, acessórios que sejam diferentes e interessantes para nossas clientes e leitoras. E que possam usar e abusar da peça por muito tempo;-)

      Quando conheci a Cinthia,ela parecia uma boneca de vestido preto ladylike e um salto lindo com um lacinho atrás. Achei maravilhoso, pois era a cara, a personalidade e o estilo dela.

      O que começamos a sugerir, é que ela saisse da zona de conforto do preto (que na prática, é a ausência da cor) e começasse a passo a passo, de peça em peça a investir em cores. Pois, saiba que dependendo da atividade profissional ou evento, encontro ou reunião com cliente, você pode fazer uso da core mais adequada para que a percepção que o outro tenha de você seja ainda mais positiva.

      As cores comunicam algo ao nosso inconsciente, tanto para quem veste quanto para quem vê a sua imagem, então vale muito a pena usar esse recurso a seu favor.

      Conhecendo o que é melhor para você, aos poucos irá trazer mais cores, estampas e texturas para seu armário! E podemos ajudá-la!
      Obrigada por nos acompanhar e beijos, Thais

  • Beatriz
    março 15, 2014 at 12:34 am

    Olá!! Gostei do post, porém ficou a expectativa de como aplicar essa tecnica nem que superficialmente, digo, a curiosidade em entender melhor como funciona com outros biotipos.Seria essa uma ideia para um novo post? Um beijo!

    • Thais Vasconcelos
      março 15, 2014 at 1:05 pm

      Oi Beatriz ;-)

      Creio que ainda temos muitas informações para trazer para você, mas sobre a análise de cores não há uma maneira de realizar de forma superficial.

      Realmente tem que haver um contato pessoal, pois a cor do cabelo,( muitas vezes a pessoa adora mudar radicalmente a cor dos cabelos e isso influi demais no trabalho) olhos e pele para conhecermos quem você é na essência. A dica que posso te dar, é de que se abrir seu armário e olhar com atençao para as peças que ama e usa muito, e se sente linda, isso já dará um indício das cores que podem ser parte da sua cartela, mas não temos como dizer qual é sem passar pelo processo.
      Por exemplo, se usa cores vibrantes como pink, azul klein,amarelo, verde bandeira….ou prefere cores mais pastéis, acinzentadas….

      Te ajudei um pouquinho que seja??;-) Post sobre biótipos, com certeza entrarão em breve…
      Grande beijo, Thais

      • Beatriz
        março 18, 2014 at 9:04 am

        Oi Thaís !
        Agradeço a gentileza da sua resposta!
        Realmente é um estudo personalizado, muito interessante que vcs fazem!
        Fiz o que sugeriu e olhei meu armário, me deparei com muitas cores… O que menos tenho são peças em preto e azul marinho… Rsrs
        Acredito ser uma pessoa colorida!! Porém não tenho ideia se essas cores todas me caem bem!
        Vou aguardar os novos posts!
        Um beijo e obrigada!

  • Laura Leal
    março 15, 2014 at 1:20 am

    Muito interessante o post. Eu já percebi que algumas cores não me favoreciam. O rosa, por exemplo, me deixa meio amarelada e o azul só fica legal em tonalidades mais escuras. Por outro lado o verde em geral me cai bem e o vermelho mais puxado pro vinho me rende altos elogios. Cinthia, Thais e Carol, eu queria saber se existe um jeito mais simples (tipo faça vc mesma) pra que se pudesse montar uma cartela de cores básicas? Algo como um método mais caseiro, já que nem todas tem como fazer esse teste de vcs?
    Bjs

  • Thais Vasconcelos
    março 15, 2014 at 1:33 pm

    Oi Laura, tudo jóia!?

    Percebi que você anda bem trilhando as cores, consegue identificar o que te deixa melhor e o que algumas causam em você.

    Não temos um método caseiro (infelizmente) pois gostaríamos de espalhar as cores perfeitas para todas as leitoras queridas…mas não é bem assim em um trabalho sério que exigiu muito estudo da nossa parte.Temos realmente que estar com a cliente para definir com exatidão e não ter dúvidas.

    Escreva para nós e quem sabe podemos trocar mais informações e dicas de combinações de cores.

    Beijos, Thais

  • Lou Salomé
    março 15, 2014 at 2:04 pm

    Obrigada, Thaís! Moro fora do Brasil, qdo eu estiver aí eu entro eu contato com vocês. Beijo e boa sorte!

    • Thais Vasconcelos
      março 15, 2014 at 3:04 pm

      Oi Lou, espero seu contato com o maior prazer!!!

      beijos,

      Thais

  • Vicky Londres
    março 20, 2014 at 5:46 am

    Nossa, amei esse post! Nasci no Rio, e até os 28 anos só usava preto, bege, marrom, até porque no Brasil a coisa mais difícil é (era)comprar uma roupa clássica. Pelo menos no Rio dos 80 e 90 só encontrava os “uniformes” das modinhas a venda. Mudei para Londres e me senti no paraíso, porque lá cada loja vende um estilo fácil de identificar: clássica, secretária chic, vanguarda, periguete. E como por lá o tempo é sempre cinza, comecei a sentir falta de cores e conseguia comprar meu estilo clássico em cores. Minha cor preferida é o vermelho, mas só tenho uma peça nessa cor porque é muito difícil encontrar o tom certo para minha pele branco-fantasma. Comprava muita coisa na Benetton, não tanto por gostar das modelagens ou qualidade, mas porque as cores me atraiam muito. Viciei em verde. rs

    Adoraria fazer essa consulta de cores quando for ao Brasil. Vou só de passagem, não terei meu guarda-roupa inteiro a disposição, no máximo uma malinha. É possivel?

  • Thais Vasconcelos
    março 20, 2014 at 4:49 pm

    Oi Vicky, que bom que gostou e está certíssima sobre as lojas em Londres ( Cidade Chic ;-)).

    As mulheres europeias são bem mais autorais na hora de se vestir, e as grandes marcas que tem seus públicos exatamente bem definidos e reconhece a necessidade e desejo deles, desenvolve peças para esses grupos de clientes. Por isso, essa diversidade maravilhosa.
    Na nossa cultura, seguir o que está na moda infelizmente é algo intrínseco ao público feminino, principalmente as mais jovens. Disso, vem a explicação das blogueiras de moda terem tanta visibilidade, pois todas as meninas querem ser igual. Mas precisamos olhar para essa realidade e respeitar!

    Entretanto a nossa forma de ver as coisas é um pouco diferente, cremos que não precisamos trocar e nem é possível e real, mudar seu armário a cada estação. E que você pode e deve ter itens que nem todo mundo tem, aliás isso hoje é raro.

    Mas vamos falar de você que imagino que ainda viva em Londres e por isso mesmo, deve se diferenciar através das cores no meio do fog londrino.

    Você tem ideia de quando vem? Podemos fazer um projeto adequado ao seu tempo e necessidade: como a análise de cores para identificar quais as cores te deixam mais bonita, e com certeza sua pele deve ser branquinha, mas não branco-fantasma ;-( , identificar seu biótipo e quais peças te valorizam e se você quiser, uma sugestão de lista de peças, caso queira fazer compras aqui, de acordo com as suas necessidades pessoais e /ou profissionais.

    Escreva no meu email que podemos te dar mais detalhes: thais@depecaempeca.com.br
    Grande beijo,
    Thais

  • Alice R. Cadore
    julho 30, 2015 at 9:19 am

    Oi, nossa adorei a postagem.
    Também tenho grandes dificuldades com cores 80% do meu guarda roupas é preto.
    Trabalho com moda, e sinto essa dificuldade e necessidade de cores em meus look´s.
    Ganhei um livro de visagismo, onde entra em colorimetria e estou ficando cada dia mais fascinada pelo estudo das peles, cores enfim…
    Quero reorganizar meu guarda roupa, porém as únicas cores que consigo usar são azul bic, rosa pink, jeans, mesclas, lavações marmorizadas pretas, off/ branco e preto.
    Estou tentando o bordo e camel, mas confesso que tenho bloqueio com tons terrosos (me acho mais velha sei lá…).
    Não sei se porque sou branquinha, de olhos verdes, cabelo castanho e pele rosada é difícil combinar, fiz uns testes e fiquei no estilo clássico moderno e criativo. E colérico sanguíneo rsrsrsrs de vagar chego lá.
    Estou louca para poder fazer esse teste de cores para saber em que estação me enquadro :)
    Beijão, adoro vcs!

    • Cinthia Ferreira
      julho 30, 2015 at 10:24 am

      OI Alice, seria muito legal vc fazer o teste de cor sim pois as vezes estas cores que vc acha que estão te envelhecendo, podem estar mesmo. O teste mostra que algumas cores pioram olheiras, vazem manchas suaves ficarem escuras e deixam sombras em partes do rosto que envelhecem mesmo :(
      E claro, quando fizer, volte para nos contar.
      bjs